10 motivos para inovar no Comércio B2B


Postado em 27 de abril de 2016 por blogfh2016
image-1

Sandro A. Stanczyk, Head of Technology Business Unit

 

Na era da internet, a nuvem, as redes sociais e a mobilidade já fazem parte do dia a dia da maioria das empresas e as soluções de omnichannel são estratégicas, fidelizam o público externo e aperfeiçoam processos de gestão. Conheça as dez razões para investir em uma ferramenta de comércio B2B:

 

1 – Falta inteligência: Empresas são prejudicadas por tecnologias desconexas, que não se comunicam com o ERP (sistema de gestão), e sistemas B2C burocratizam o processo de compra e fazem clientes migrar para o concorrente.

 

2 – Cloud, mobilidade, redes sociais:  É… o mundo mudou Empresas com canais on-line devem contar com a gestão transparente de informações e lembrar que as redes sociais precisam fidelizar o consumidor e permitir a comunicação entre os canais on-line e off-line. A internet e a mobilidade também impulsionaram o uso da nuvem e, por isso, é preciso considerar o investimento como estratégico para atender a demanda em datas sazonais e aumentar a rentabilidade no meio físico.

 

3 – Melhor comunicação com as ferramentas B2C: O B2C depende do B2B. Por isso, o investimento deve ser prioridade. Se feito da forma correta, pode atender às exigências dos consumidores por uma logística eficiente, um atendimento de qualidade e uma disponibilidade dos produtos.

 

4 – Otimização de tempo e dinheiro: Em setores que lidam com vendedores externos e representantes, a ferramenta de comércio B2B melhora o processo de venda e reduz custos, se a internet e o omnichannel trabalharem a favor da empresa.

 

5 – Rápido tempo de resposta: Quanto mais inteligente for o atendimento ao cliente, melhor. O ponto de venda pode dar continuidade ao atendimento feito por qualquer canal e tornar o on-line rentável com a captura de pedido no B2B e a ampliação dos canais de interação com o consumidor. Integração dos canais interação com o consumidor.

 

6 – Integração dos canais internos com os externos: Ferramentas tecnológicas que permitem uma visão macro dos estoques são necessárias. Hoje a interatividade com o consumidor é um gargalo. Muitas lojas não conseguem ter uma visão ampla das áreas estratégicas e investem em canais externos sem resolver os problemas internos.

 

7 – Possibilidade de expansão dos negócios: As ferramentas de comércio B2B são customizáveis. Ter mais de um catálogo, de forma simultânea e integrada, pode ajudar na expansão para outros mercados.

 

8 – Informações completas: Uma boa plataforma de comércio B2B permite o acesso a informações completas sobre o estoque do fornecedor e do centro de distribuição. Os que não têm essa visibilidade dificilmente atendem a demanda dos consumidores em todos os canais.

 

9 – Fidelização do público: Olhar para as áreas desconectadas pode aprimorar o segmento B2B. Após a integração dos processos, o investimento em B2C é relevante para a fidelização dos clientes.

 

10 – O futuro está próximo: A conectividade será um fator relevante no varejo, principalmente com a nova internet, que permite conectar produtos e processos, apoiando a dinâmica de áreas e automatizando solicitações.

 

Fonte: Revista NoVarejo


Compartilhar!
Share on LinkedIn0Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Email this to someonePrint this page

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário!
Assinar Newsletter