Tendências high tech oferecem experiências únicas


Postado em 24 de agosto de 2016 por blogfh2016
image-1

Wilmar Lima é Diretor de Operações da FH

 

Mudança no comportamento do consumidor conectado dita novo jeito de comprar

 

Quando se fala em tendências na área de tecnologia, muitas pessoas lembram das sagas do cinema como Jornada nas Estrelas – que idealizava o mundo no século XXIII – ou De Volta para o Futuro, que imaginou como seria o cotidiano em 2016. A sétima arte é expert em adivinhar invenções mirabolantes com realidades high tech. Mas será que esse mundo está longe da atualidade?

 

Com certeza, os laboratórios de inovações de grandes marcas já trabalham em alternativas de tecnologia idealizadas nos telões de cinema. Imagine você entrar numa loja e o seu rosto ser imediatamente escaneado. Com as informações sobre as suas últimas buscas online, a vendedora vem em sua direção sorridente: “Seja bem-vinda “Maria”! Vamos experimentar a bota preta que você gostou ontem à noite?” E como se não bastasse, no final da sua compra, o pagamento acontece instantaneamente por meio do seu celular.

 

Ou, então, em outra ocasião, em um dia chuvoso em que é preciso adquirir um acessório para ir a uma festa naquela noite, ao invés de ir até a loja ou procurar na internet, você coloca os seus óculos 3D, que a sua marca preferida te entregou na última visita ao estabelecimento, e pronto! É possível estar na loja sem sair de casa! A vendedora virtual sugere os modelos que mais correspondem com os seus gostos online ou que a sua rede de amigos curtiu recentemente nas mídias sociais, e está resolvido: a compra do objeto que mais combina com o seu estilo é finalizada por meio do número do CPF. Em poucas horas, a aquisição chega em sua porta, a tempo de não perder a festa.

 

Sim, os cenários acima não são meras ficções científicas, eles já fazem parte da realidade das análises desses laboratórios, que estudam ideias para atender aos anseios do consumidor moderno e, com isso, buscam prosperar no mercado. Afinal, este é o desafio dos setores que sofrem a pressão da migração das vendas das lojas físicas para o online. E entre eles está o fashion, setor do varejo que faturou R$ 130 bilhões em 2015.

Um estudo apresentado em agosto pela McKinsey, uma das maiores consultorias do mundo, mostrou as quatro tendências que terão impacto relevante nesta indústria na próxima década, entre eles está o omnichannel com a sua revolução na jornada de decisão do consumidor; o fast fashion que foca na rapidez de reação e de lançamento de coleções novas; a parceria entre indústria e varejo para unir custo, qualidade e velocidade, além da consolidação e formalização do setor, o que minimizaria a sua fragmentação.

 

Só que integrar todas estas ferramentas e, ainda, garantir a produtividade, não é uma tarefa fácil. A boa notícia é que há solução para isso, e já está acessível tanto para pequenas e média empresas como para grandes corporações. A tecnologia de alta performance oferece plataformas completas que unem todos os seus canais de vendas em uma única solução.

 

O conceito para projetos para grandes, médias e pequenas marcas, que conseguem integrar as vendas em todas as suas esferas, sejam elas B2B, B2C, B2B2C ou vendas porta a porta. A diferença, no entanto, está na flexibilidade dos projetos que possibilitam a sua adaptação de acordo com o crescimento da empresa, no preço dos projetos e na rapidez de implementação.

 

Na realidade, não é possível desprezar esta tecnologia, a sua capacidade de negócio e, muito menos, a mudança de comportamento do consumidor. O futuro não é mais tema de cinema, ele já chegou e promete trazer lucratividade e excelência para quem enxergar as suas potencialidades, além de atender as expectativas do cliente conectado e, até mesmo, superá-las.


Compartilhar!
Share on LinkedIn0Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Email this to someonePrint this page

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário!
Assinar Newsletter