Gasto global com infra de TI para nuvem vai chegar a US$ 44,2 bilhões em 2017


Postado em 18 de Janeiro de 2017 por blogfh2016
image-1

 

Maior parte dos investimentos será puxada pela abertura de novos data centers de cloud pública.

 

A IDC revelou os dados de seu estudo “Worldwide Quarterly Cloud IT Infrastructure Tracker”, que estima o aumento de 18,2% no gasto global de infraestrutura de TI para implantação de nuvem em 2017. Isso representa US$ 44,2 bilhões a serem investidos em servidores, armazenamento corporativo e switches Ethernet. Em comparação, os gastos com infraestrutura tradicional (não-nuvem) vão diminuir 3,3% este ano.

 

Mercado de nuvem chega a US$ 148 bilhões em 2016

 

Conforme explica Natalya Yezhkova, diretora de Pesquisas para Armazenamento da IDC, os crescimentos dos gastos em infra para nuvem nos próximos trimestres serão puxados pela abertura de novos data centers e prestadores de serviços regionais. “Outro impulso significativo para a despesa global no setor será de implantações de nuvem privada no local”, diz, lembrando que o conhecimento dos usuários finais na tecnologia vai impulsionar esse movimento.

 

De fato, os data centers de nuvem pública serão responsáveis por 61,2% do total, enquanto a nuvem privada fora do ambiente corporativo (off-premises) contribuirá com 14,6% dos gastos. Já as estratégias de nuvem híbrida dentro de data centers corporativos aumentarão a implantação de nuvem privada local (on-premises) em 16,6%.

 

O estudo também destaca que a venda de switches Ethernet para infraestrutura em nuvem vão aumentar 23,9%, superando até mesmo armazenamento, que crescerá 23,7%. O gasto com servidores irá crescer apenas 13,6% este ano. Nos três segmentos de tecnologia, a implementação de nuvem privada crescerá mais rápido que a pública, enquanto infraestrutura não-nuvem irá diminuir.

 

A longo prazo, a IDC acredita que os gastos com infraestrutura para nuvem vão alcançar uma taxa de crescimento anual de 14,2% nos próximos cinco anos, atingindo US$ 48,1 bilhões em 2020. Só os data centers de nuvem pública deverão ser responsáveis por 80,8% do montante. No entanto, os gastos com a infraestrutura tradicional vão diminuir em uma taxa de 1,9% no mesmo período.Maior parte dos investimentos será puxada pela abertura de novos data centers de cloud pública.

 

A IDC revelou os dados de seu estudo “Worldwide Quarterly Cloud IT Infrastructure Tracker”, que estima o aumento de 18,2% no gasto global de infraestrutura de TI para implantação de nuvem em 2017. Isso representa US$ 44,2 bilhões a serem investidos em servidores, armazenamento corporativo e switches Ethernet. Em comparação, os gastos com infraestrutura tradicional (não-nuvem) vão diminuir 3,3% este ano.

 

Mercado de nuvem chega a US$ 148 bilhões em 2016

 

Conforme explica Natalya Yezhkova, diretora de Pesquisas para Armazenamento da IDC, os crescimentos dos gastos em infra para nuvem nos próximos trimestres serão puxados pela abertura de novos data centers e prestadores de serviços regionais. “Outro impulso significativo para a despesa global no setor será de implantações de nuvem privada no local”, diz, lembrando que o conhecimento dos usuários finais na tecnologia vai impulsionar esse movimento.

 

De fato, os data centers de nuvem pública serão responsáveis por 61,2% do total, enquanto a nuvem privada fora do ambiente corporativo (off-premises) contribuirá com 14,6% dos gastos. Já as estratégias de nuvem híbrida dentro de data centers corporativos aumentarão a implantação de nuvem privada local (on-premises) em 16,6%.

 

O estudo também destaca que a venda de switches Ethernet para infraestrutura em nuvem vão aumentar 23,9%, superando até mesmo armazenamento, que crescerá 23,7%. O gasto com servidores irá crescer apenas 13,6% este ano. Nos três segmentos de tecnologia, a implementação de nuvem privada crescerá mais rápido que a pública, enquanto infraestrutura não-nuvem irá diminuir.

 

A longo prazo, a IDC acredita que os gastos com infraestrutura para nuvem vão alcançar uma taxa de crescimento anual de 14,2% nos próximos cinco anos, atingindo US$ 48,1 bilhões em 2020. Só os data centers de nuvem pública deverão ser responsáveis por 80,8% do montante. No entanto, os gastos com a infraestrutura tradicional vão diminuir em uma taxa de 1,9% no mesmo período.

 

Fonte: IPNews


Compartilhar!
Share on LinkedIn0Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Email this to someonePrint this page

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário!
Assinar Newsletter