SAP adota ‘machine learning’ para otimizar experiência de compra


Postado em 10 de novembro de 2017 por FH
image-1

A tecnológica SAP adicionou novas tecnologias às suas soluções, como reconhecimento facial, ‘machine learning’ e ‘Internet of Things’ (IoT) para ajudar as empresas a chegar aos consumidores com campanhas de marketing “mais relevantes. Não só otimizando a sua experiência de compra, como também salvaguardando a privacidade dos dados dos seus clientes”, explica a tecnológica.

A solução “SAP Hybris Marketing Cloud” promete ajudar as empresas a utilizarem as mensagens certas para chegarem aos clientes estratégicos e garantirem que os dados e a privacidade dos clientes estão protegidos. Através das ferramentas:

“Digital Boardroom” para as direções de marketing (CMO): com base na utilização das funcionalidades do “SAP Digital Boardroom”, o novo painel executivo de marketing permite aos diretores a exposição de relatórios que medem o sucesso das suas campanhas, bem como a visibilidade de problemas iminentes. Além disso, este painel digital também possibilita a identificação de novas oportunidades de crescimento dentro do seu mercado e segmentos.

Reconhecimento facial por aprendizagem automática (machine learning): o sistema de inovação digital “SAP Leonardo” integra tecnologia de reconhecimento facial dentro da solução “SAP Hybris Marketing Cloud”, permitindo que esta funcionalidade seja utilizada no setor do varejo e dando início a uma nova forma de interagir com os clientes dentro da loja. Com base na análise facial, o software, ao conectar o gênero e a idade dos consumidores com o inventário e estoque disponível na loja, permite recomendações personalizadas de produtos que são apresentadas em monitores de grande dimensão.

Atribuição de clientes integrada: a solução “SAP Hybris Customer Attribution” (anteriormente conhecida por Abakus) faculta aos profissionais de marketing medições precisas de campanhas e atividades de marketing que levaram à compra efetiva pelo cliente. Recolhe os dados dos vários pontos de contato efetuados pelo cliente, dando um conhecimento sobre o que está levando à conversão de clientes e onde realocar atividades e orçamento em tempo real.

Internet of Things (IoT) em campanhas de marketing: as empresas que disponibilizam dispositivos IoT podem configurar atividades específicas e personalizar as ofertas. Por exemplo, as marcas de dispositivos de aptidão física podem enviar uma mensagem de marketing relevante quando o consumidor que atinge um novo marco de condição física.

Suporte no âmbito do Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR): esta adição assegura que as empresas, mesmo que executando uma segmentação sofisticada dos seus clientes nas suas campanhas de marketing, têm a proteção de dados do cliente como principal prioridade e estão em conformidade com o regulamento geral de proteção de dados que entrará em vigor em maio de 2018.

 

Fonte: Hipersuper


Compartilhar!

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário!
Assinar Newsletter