julho 2019 | FH Brasil

Tecnologia e gestão: 4 tendências para a transformação fiscal


Postado em 30/07/2019 por asilveira
image-1

Considerada a chave em segurança da informação da próxima geração, investimentos em softwares, hardware e serviços, devem atingir US$ 671 milhões em 2019. Estudos ainda mostram que a procura por serviços Big Data e Analytics devem aumentar e chegar a US$ 4,2 bilhões em investimentos.

Mas, o que essa informação tem em comum com a área fiscal?

A tecnologia já se faz presente no dia a dia de milhões de pessoas, na área fiscal não é diferente. Ela tem potencial para absorver de forma positiva a demanda de qualquer empresa, podendo contribuir com a redução de custos e melhora na produtividade, fatores essenciais para enfrentar um mercado cada vez mais competitivo.

Além disso, investimentos tecnológicos na área tributária, como por exemplo o uso de softwares fiscais, proporcionam maior transparência entre as operações, já que elas ocorrem em tempo real e abertas publicamente.

Com base na pesquisa realizada pela ABES, em parceria com o IDC, sobre o Mercado Brasileiro de Software – Panorama e Tendências”, relacionamos o uso da tecnologia ao cenário fiscal e 4 razões para você investir em uma solução fiscal no seu negócio.

4 razões para investir em uma solução fiscal inteligente

1. Segurança da informação: soluções inteligentes e serviços gerenciados

Investimentos em soluções inteligentes devem atingir US$ 671 milhões neste ano, crescendo 2,5x mais rápido que as soluções tradicionais. Na esfera fiscal, esse tipo de solução automatiza grande parte dos processos, minimizando a incidência de erros e proporcionando maior controle na gestão de documentos, o que contribui para o fortalecimento do compliance fiscal.

2. Inteligência Artificial (IA)

No Brasil, 15,3% das médias e grandes empresas utilizam IA e espera-se que isto dobre nos próximos 4 anos. No mundo fiscal, o principal benefício do uso desta tecnologia é o de mitigar riscos para evitar o pagamento de multas, gerando assim mais economia e melhor aproveitamento do capital da empresa.

3. Big Data/Analytics: gestão dos dados

Este mercado deve avançar e chegar à marca de US$ 4,2 bilhões em investimentos. Isso porque a análise de dados possibilita o aprimoramento do planejamento estratégico da empresa. O uso dessas informações na área tributária é de grande valia para que se possa repensar processos, eliminar riscos, reduzir custos e gerar insights para melhorar resultados.

4. Cloud Pública

A procura por serviços em “nuvem” deve aumentar e chegar a US$ 2,3 bilhões em 2019, crescendo 35,5% a cada ano, até atingir US$ 5,8 bilhões até 2022. O conceito cloud na área fiscal parece não fazer muito sentido de início, mas, já parou para pensar se você pudesse ter uma solução em nuvem que é atualizada automaticamente a cada nova exigência do fisco?

Pois é, soluções fiscais comercializadas como serviço de armazenamento em nuvem oferecem maior agilidade frente a necessidade de manutenção de hardware e aplicação.

 

A experiência de mercado, aliada à visão de negócios da FH, já disponibiliza às empresas de todo o país uma solução completa, que engloba todas as tendências apresentadas no texto e se adapta ao fisco e ao porte de qualquer empresa, a fim de modernizar práticas tributárias.

Alimentada por dados, impulsionada por pessoas, a FH está revolucionando a dimensão fiscal digital com softwares que vão além das entregas.


Compartilhar!
[ssba]
Postado em Fiscal News

Como realizar vendas offline inteligentes?


Postado em 23/07/2019 por abarcelos
image-1

A FH é destaque nos portais Bem Paraná, IT Forum 365, Channel 360°,  Revista Varejo Brasil, TI Inside, Jornal Empresas & Negócios, Falando de Varejo e SEGS, com artigo do Director of Business Unit, Sandro Stanczyk, sobre como as equipes de venda em campo das empresas precisam conseguir fechar negócios mesmo quando estão offline!

Os desafios do Gerente de Vendas

Os desafios começam com necessidade de muitas empresas: atender clientes em regiões nas quais a a infraestrutura de telefonia móvel é inexistente ou nem sempre tem a qualidade necessária para suportar as operações e executar as tarefas do dia a dia de vendas, como um envio de pedidos conectados diretamente com o ERP.

Com essa limitação, muitas dúvidas habitam a cabeça dos gestores de vendas, como:

#Como acompanhar as vendas do dia e ter os reports de vendas e visitas atualizados e online?
#Como fazer o vendedor ter uma visão 360° do cliente e oferecer o mix de produtos adequado aos consumidores?
#Como disponibilizar um pacote de benefícios adequado ao perfil do cliente, com descontos, a melhor forma de pagamento, análise de crédito, entre outros?

Então, como lidar com as situações de vendas offline?

Há um sistema ideal para a força de vendas, que pode ser utilizado de maneira offline. Nele, o aplicativo abre, registra as movimentações e, no momento em que uma conexão com a web é identificada, faz a transferência inteligente.

Com a solução Sales Force Automation da FH, a área de vendas ganha mais autonomia, integração e visão 360° do cliente, uma vez que une o SAP Sales Cloud e o módulo offline da FH. Com o software, o vendedor tem acesso às telas do sistema SAP, passa pelas etapas de processo de roteiro e visita, e, por fim, gera o seu pedido de forma offline. Ele pode ser encaminhado ao ERP em nuvem e, em seguida, ao SAP Sales Cloud para as análises finais.

Tudo pode ser feito utilizando o smartphone do vendedor, do roteiro de visitas à lista de produtos e pedidos, incluindo todos os detalhes necessários para a venda, entre outros benefícios. Com a rotina simplificada, o profissional de vendas passa a gerenciar melhor o relacionamento com os clientes e, consequentemente, pode se dedicar a fazer mais negócios.

Benefícios da solução

O fato é que, ao automatizar a força de vendas com uma solução completa, que mapeia e sistematiza todo o processo, a jornada dos representantes comerciais  se torna mais eficiente, o acompanhamento de todo o processo de vendas para os gestores é feito na palma da mão, e os resultados se refletem de forma positiva à empresa e ao consumidor!

 

Venda offline inteligente!

 

Sua força de vendas precisa funcionar offline!


Compartilhar!
[ssba]

Entrega da FCI: ágil e 100% confiável


Postado em 23/07/2019 por asilveira
image-1

O especialista em Gestão Tributária, Johney Laudelino da Silva, teve seu artigo sobre a entrega da FCI publicado nos portais E-commerce News, Mega Moveleiros, Portal Fator Brasil, Bem Paraná, Correio Forense e no portal ECompare.

No texto, Johney faz uma breve contextualização sobre essa obrigação acessória, fala das dificuldades mais comuns e como podemos usar a tecnologia para uma entrega ágil e segura.

Conversão para um ERP avançado: Valor agregado ao seu negócio!


Postado em 22/07/2019 por abarcelos
image-1

Para entrar de vez na era da Indústria 4.0, as empresas de bens de consumo precisam de um ERP Avançado que possibilite uma mudança tecnológica e cultural que as auxilie a enfrentar desafios como trabalhar com informação em tempo real de inventários e do fluxo de materiais, criar valor em um mundo digital onde o consumidor está no comando, alinhar as estratégias comerciais com as megatendências tecnológicas, além de inovar a experiência do gestor empresarial.

Como a conversão para um ERP avançado pode mudar o seu jeito de fazer negócios?

A partir da conversão, sua empresa contará com um cenário tecnológico e uma forma de fazer negócios totalmente reformulada e melhorada com esse ERP avançado! Vamos a alguns exemplos:

#Modelo de Dados Simplificado
Elimina redundâncias e consolida todas as informações do seu negócio, proporcionando segurança e precisão dos dados.

#SAP Fiori
Nova interface de usuário para uma melhor visualização de dados analíticos e das transações realizadas pela empresa

#Analíticos Diretamente no ERP
Análise e Business Intelligence em tempo real permitindo a tomada de decisões mais rápidas e assertivas.

#Definição dos Processos de Negócio
Processos acelerados e repensados para uma melhor performance, inclusive com ferramentas de gestão de logística e integração com IoT!

#Antecipação ao fim do suporte
Esperar 2025 para contar com todos os benefícios que a conversão pode proporcionar? Nada disso!

Como se preparar para a conversão para se você já tem o SAP ECC?

A fase de preparação conta com o SAP Readiness Check e com o Simplification Item Catalog que vão analisar os requisitos fundamentais, realizar uma simplificação da base histórica de dados, eliminar desenvolvimentos antigos e apresentar os pontos mais relevantes para uma conversão tranquila para um ERP avançado. Essa fase também passa pela escolha da solução fiscal complementar ao SAP TDF, que é um dos pilares para uma conversão bem-sucedida!

Conversão para um ERP avançado: Valor agregado ao seu negócio!

Dia dos Pais 2019: Sua empresa se preparou?


Postado em 17/07/2019 por abarcelos
image-1

Você nem viu o tempo passar, agosto já está chegando e faltam poucos dias para o Dia dos Pais 2019! Sua estratégia está pronta?

O Dia dos Pais em ascensão

Dados do Google apontam que nos últimos 3 anos, as buscas na internet sobre o Dia dos Pais tiveram um crescimento médio de 19%. Em 2018, as vendas foram as melhores dos últimos 6 anos, e no e-commerce ele só perdeu para o Dia das Mães, considerando as datas sazonais, apesar do faturamento similar: 2.09bi (pais) e 2.11bi (mães).

Quanto o consumidor pretende gastar no Dia dos Pais 2019?

A data promete ser ainda melhor que no ano passado, pois 38% dos consumidores afirmam que vão investir mais no presente neste ano, fazendo com que a projeção do ticket médio atinja R$298!

E já que a tendência é de gastar mais, vamos ver como anda a sintonia entre pais e filhos na hora de dar e receber presentes! As gerações só concordam no início e no fim da lista.

Quando e onde?

Analisando o comportamento de quem compra presentes no Dia dos Pais é possível identificar dois pontos importantes. Um é que quase metade das compras são feitas na véspera ou no próprio Dia dos Pais.

Dia dos Pais 2019: Sua empresa se preparou?

O outro dado é que, apesar do grande número de pedidos nos e-commerce, cerca de 5,1 milhões, apenas 21% dos consumidores escolhe comprar pela internet. Mas isso é explicado justamente pelo tópico acima. Deixando para comprar os presentes na véspera ou no dia, a grande maioria dos consumidores recorrem a shoppings e lojas de rua para realizar suas compras!

Dia dos Pais 2019: Sua empresa se preparou?

Potencial de crescimento do Dia dos Pais 2019

Esses dados deixam claro o grande potencial que a data tem para continuar crescendo, tanto em busca, vendas e faturamento!

E para aproveitar todo esse potencial é preciso contar com uma plataforma completa e integrada, que proporcione uma experiência única em todos os pontos de contato, sugira os melhores produtos automaticamente, e possibilite um amplo leque de possibilidades de interação com seu consumidor, gestão de campanhas, tickets de atendimento, integração com redes sociais e muito mais!

Conheça o SAP C/4HANA! A mais poderosa ferramenta de vendas e relacionamento disponível no mercado e que é perfeita para o seu varejo!

A FH possui a maior capacidade instalada do Brasil para projetos omnichannel e é a primeira empresa da América Latina a conquistar todas as certificações SAP C/4HANA!

Cliquei aqui embaixo e fale com a gente!

Dia dos Pais 2019: Sua empresa se preparou?

Brasil: um dos países que mais gasta tempo com burocracias fiscais


Postado em 04/07/2019 por asilveira
image-1

Ao decidir abrir um negócio no Brasil, muitos empresários já se veem diante de um dilema: qual tipo de regime tributário adotar para sua empresa. Atualmente, o sistema tributário brasileiro oferece 3 opções de regime: o Simples Nacional, o Lucro Real e o Lucro Presumido.

– O Simples Nacional, como o próprio nome diz, simplifica o pagamento dos tributos unindo todos eles em uma mesma guia, com o diferencial de oferecer alíquotas menores em comparação aos outros. Foi criado para atender microempreendedores individuais (MEI), microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) e atualmente é o regime mais utilizado no país.

– Já o Lucro Real exige maior controle da empresa, pois os tributos não são unificados em uma guia e as entregas são feitas individualmente. O valor do recolhimento é baseado no lucro real da empresa e incide sobre o faturamento mensal ou trimestral. Há casos em que esse tipo de regime é obrigatório, como por exemplo, em bancos comerciais e corretoras de títulos ou, se a empresa tiver receita bruta anual de R$78 milhões no ano anterior.

– No Lucro Presumido, o recolhimento dos impostos se baseia na ESTIMATIVA de lucro da empresa. O cálculo do lucro presumido varia entre 1,6 e 32% da receita, dependendo da atividade desenvolvida pela empresa.

O empreendedor responsável pela escolha do regime precisa pensar estrategicamente no modelo que mais vai se adequar ao seu negócio, uma vez que esse passo define quanto e quais tributos serão pagos para o governo. Ou seja, a decisão pode evitar que a empresa pague mais ou menos impostos do que deveria.

A escolha do regime tributário é apenas o início de uma longa jornada que a sua empresa terá de enfrentar na esfera fiscal.

O Brasil é um dos países em que mais se gasta tempo calculando impostos. Estudos do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), revelam que as empresas gastam em média 1.958 horas por ano para cumprir as regras do fisco.

Com 63 tributos, 97 obrigações acessórias e mais de 3.790 normas, o gasto que se tem somente calculando impostos gira em torno de 60 bilhões de reais, já que todo esse processo exige investimento em pessoas e capacitação.

Estima-se que, a cada hora, mais de uma nova norma precisa ser seguida ou levada em conta no cálculo dos impostos, por isso, é fundamental ficar atento também as constantes mudanças que são editadas no país.

Todo esse esforço para realizar a apuração das informações referente a prestação de impostos tem um custo adicional, que se reflete no preço final do produto/serviço repassado ao consumidor, podendo assim, contribuir para a perda de competitividade no mercado de atuação.

Nesse quesito, a tecnologia pode ser a chave para melhorar as condições de trabalho relacionadas ao fisco, poupando o tempo dos colaboradores que precisam analisar e corrigir uma série de relatórios para o envio das obrigações.

Empresas inteligentes colocam sistemas eficientes para trabalhar em seu favor, extraindo, tratando, combinando dados e eliminando riscos, para assim reduzir custos e melhorar resultados.

O uso de softwares para realização de entregas fiscais facilita o controle e o acesso às informações, gerando relatórios que viabilizam novos insights e que podem ser utilizados como parte do planejamento estratégico da empresa, além disso, garante maior velocidade na geração dos arquivos.

Com ganhos na velocidade e na capacidade analítica, é possível direcionar esforços nas atividades que realmente interessam ao negócio, como por exemplo, oferecer novas experiências para fidelizar ainda mais o cliente ou aprimorar processos já existentes.

 

Transforme a gestão tributária da sua empresa.

Aproveitar os benefícios que a tecnologia pode fazer pelo seu negócio é oferecer ferramentas colaborativas para maximizar o rendimento das ações do dia a dia. A FH está revolucionando a entrega de tributos e ajudando grandes empresas a aprimorarem seus processos fiscais sem sobrecarregar seus departamentos.

 

Quer saber mais?

Nossos especialistas estão a disposição para orientar seu negócio e apresentar soluções inteligentes.

 

Irregularidades no Imposto de Renda apuram multas que somam mais de um bilhão de reais.


Postado em 01/07/2019 por asilveira
image-1

A Receita Federal autuou 5.241 empresas nos meses de março, abril e maio por irregularidades no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), do ano-calendário 2014.

O crédito tributário lançado, que inclui juros moratórios e multa de ofício de 75%, totalizou R$ 1.002.536.449,16. As irregularidades foram apuradas na Malha Fiscal Pessoa Jurídica e consistem na insuficiência de recolhimento e declaração em DCTF do imposto e contribuição, apurados na Escrituração Contábil Fiscal – ECF.

 

No mês de junho (2019), as ações relacionadas ao ano-calendário de 2015 tiveram início e a previsão, segundo a RFB, é de que mais de 14.000 empresas recebam cartas com a apresentação das inconsistências encontradas nos recolhimentos e declarações de IRPJ e CSLL.  Essas inconsistências devem somar, aproximadamente, 1,5 bilhão de reais em multas.

Tab. 2: Distribuição das Empresas a serem Notificadas de Irregularidades no IRPJ e CSLL

 

As empresas com irregularidades no IRPJ e na CSLL do anos-calendário seguinte devem regularizar sua situação conforme orientações disponíveis no site eletrônico da RFB e no portal e-CAC.

Evite multas e eleve o grau de compliance fiscal

Com o objetivo de identificar inconsistências no recolhimento de tributos, por meio do cruzamento de informações eletrônicas, o Serviço de Compliance Fiscal, executado pela equipe de experts da FH, realiza a revisão dos processos, a elaboração das apurações e a geração dos arquivos, proporcionando autorregularização e simplificação das entregas.

Sabendo que cada negócio tem necessidades únicas, a FH utiliza metodologia individualizada e adequada a complexidade de cada empresa, para que se possa identificar riscos e oportunidades de melhoria em todas as áreas.

 

Principais benefícios

  # Garantia da qualidade das informações;
  # Potencialização do Compliance fiscal;
  # Melhoria nos processos;
  # Mitigação de riscos;
  # Identificação de oportunidades.

 

Página /