Financeiro News Archives | FH Brasil

Publicada Nota de Documentação Evolutiva da EFD-Contribuições


Postado em 23/07/2018 por abarcelos
image-1

 

Publicada a Nota de Documentação Evolutiva – EFD-Contribuições nº 001/2018 – que trata das alterações nos Blocos M e 1 da EFD-Contribuições.

Para ter acesso, clique aqui.

Fonte: SPED


Compartilhar!

Como tornar seu negócio uma Empresa Inteligente


Postado em 18/07/2018 por abarcelos
image-1

A transformação digital originou um novo movimento na computação corporativa, tornando possível o surgimento das Empresas Inteligentes.

A transformação digital trouxe consigo diversas tecnologias inteligentes que moldaram a computação corporativa atual e redefiniram estratégias, fazendo surgir o que chamamos de Empresas Inteligentes. As Empresas Inteligentes têm como premissa a transformação digital e aplicam tecnologias inteligentes orientadas por dados para automatizar seus processos e para tomar decisões mais assertivas com foco nos clientes.

As tecnologias inteligentes estão conduzindo as empresas a uma próxima geração de economia de valor, permitindo que seus funcionários se concentrem em atividades mais importantes, como o sucesso do cliente, planejamento estratégico e inovação. Por isso, separamos algumas tendências que as empresas devem seguir para agregar valor às suas organizações e se tornar Empresas Inteligentes:

Inteligência Artificial e Machine Learning

A IA e o Machine Learning permitem que algoritmos aprendam a partir de dados, alcançando melhores resultados sem que precise haver uma reprogramação. As empresas podem aproveitar esses recursos para eliminar tarefas manuais repetitivas, liberando seus funcionários para a realização de outras atividades. Esse processo pode ocorrer por meio da automatização.

Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas possibilita uma mudança significativa na produtividade dos negócios. Com ela é possível conectar diversas informações e objetos em uma mesma rede, fazendo com que o mundo físico e o mundo digital se conectem. As análises em tempo real podem prever necessidades de manutenção, assim como identificar potenciais problemas nos processos antes que os mesmos aconteçam.

Análise avançada

Por meio da integração de recursos analíticos avançados em aplicativos, os usuários conseguem analisar dados em tempo real, impulsionando sua tomada de decisão, além de poder simular os impactos de cada estratégia no negócio. Esse tipo de análise permite a antecipação das necessidades dos clientes, colaborando para a promoção de melhores experiências.

Práticas Seguintes

As Práticas Seguintes são um conjunto de etapas que ajudam uma empresa a inovar mais rápido do que a concorrência. Essas práticas são definidas por um conjunto de recursos e resultados, que são possíveis graças às tecnologias inteligentes da próxima geração. Com isso, conseguem responder rapidamente às mudanças do mercado e dinamizar os processos para obter os melhores resultados.

A construção de empresas inteligentes vai além da automatização de processos. Ela permite que você capacite seus funcionários e faça mais com menos; é como enxergamos o futuro dos negócios. O futuro do mercado é das Empresas Inteligentes, sua empresa está preparada para se tornar uma delas?

Fonte: SAP


Compartilhar!

Versão 1.3.03 do Manual do Desenvolvedor da EFD-Reinf


Postado em 17/07/2018 por abarcelos
image-1

 

Foi disponibilizada para download, a versão 1.3.03 do manual do desenvolvedor de aplicativos para a EFD-REINF.
Essa nova versão traz algumas melhorias em relação à versão anterior objetivando levar ao desenvolvedor mais facilidades no entendimento das soluções adotadas na aplicação webservice da EFD-Reinf.

Para ter acesso à versão, clique aqui.

Fonte: SPED


Compartilhar!

Publicação da versão 4.0.8 do programa da Escrituração Contábil Fiscal (ECF)


Postado em 17/07/2018 por abarcelos
image-1

 

Foi publicada a versão 4.0.8 do programa da ECF, com a correção do erro de recuperação dos dados da Escrituração Contábil Digital (ECD), no caso de imunes/isentas obrigadas a entregar a ECD.

Fonte: SPED


Compartilhar!

Publicação da versão 5.0.3 do programa da ECD


Postado em 04/07/2018 por abarcelos
image-1

Foi publicada a versão 5.0.3 do programa da ECD, com melhorias no tempo de validação do arquivo da ECD.

Fonte: SPED


Compartilhar!

Para líderes empresariais, estratégia digital é essencial para a alavancagem de negócios


Postado em 27/06/2018 por abarcelos
image-1

O processo de transformação digital dos negócios tem criado uma espécie de efeito “Tostines” entes os líderes empresariais. Segundo pesquisa global conduzida pela Riverbed, a maioria dos executivos (98%) concordam que otimizar a estratégia digital é essencial para a alavancagem dos negócios, porém esbarram em desafios da era analógica, como restrição orçamentária, a dificuldade de lidar com o legado e a falta de visibilidade do ambiente de TI.

A Pesquisa Global de Desempenho Digital 2018 apontam que esses obstáculos estão impedindo o avanço das estratégias digitais e atrapalhando o desempenho e a experiência do cliente exigidos no mundo digital atual.

Feito com 1.000 tomadores de decisões de empresas com receitas superiores a U$ 500 milhões em nove países, o estudo também descobriu que, enquanto os serviços e aplicativos digitais são críticos para o sucesso dos negócios, 80% dos entrevistados relataram que serviços digitais e aplicações essenciais estão falhando pelo menos algumas vezes por mês.

A necessidade das empresas em fornecer uma experiência digital bem-sucedida para clientes, parceiros e funcionários é bem reconhecida e continua crescendo em importância. Cerca de 91% dos tomadores de decisão de negócios globais concordam que o fornecimento de uma experiência digital bem-sucedida é ainda mais importante para os resultados financeiros da empresa do que há três anos.

Da mesma forma, 99% dos tomadores de decisões de negócios globais acreditam que sua empresa se beneficiaria com a melhoria do desempenho dos serviços digitais e aplicações. E isso é percebido primariamente por meio de:

– Melhor experiência e satisfação do cliente / usuário (53%);

– Maior agilidade do mercado (49%);

– Aumento de receita / vendas e rentabilidade (49%);

– Maior produtividade dos funcionários (49%);

– Menor tempo de colocação no mercado (48%).

No entanto, é amplamente reconhecido que os sistemas com desempenho inadequado hoje são uma limitação fundamental para uma estratégia digital bem-sucedida. De fato, dos 95% dos tomadores de decisão que disseram que enfrentam desafios significativos para alcançar uma estratégia digital mais bem-sucedida, a grande maioria encara múltiplos desafios, incluindo:

– Restrições orçamentárias (51%);

– Infraestrutura de TI legada excessivamente complexa ou rígida (45%);

– Falta de visibilidade total em toda a experiência digital ou do usuário final (40%);

– Falta de pessoal disponível ou devidamente qualificado (39%);

– Falta de adesão da liderança na priorização de iniciativas digitais (37%).

Entre os entrevistados, quase 80% dos que afirmaram que serviços digitais e aplicações essenciais estão falhando pelo menos algumas vezes por mês e impactando a produtividade e a experiência do usuário final, afirmam que enfrentam quase uma em cada quatro falhas várias vezes por semana. Quando serviços digitais críticos falham, cada minuto é importante.

Metade dos entrevistados diz que o tempo máximo aceitável para resolver problemas de desempenho digital é de uma hora, e quase 20% disseram em poucos minutos, reconhecendo que uma falha no serviço digital pode custar milhões de dólares em receitas perdidas e impactar significativamente a fidelidade do cliente e marca reputação.

Os líderes empresariais estão bem conscientes do impacto que essa falha tem em seus negócios. As consequências expressas incluem:

– Perda de vendas e receita (42%);

– Lançamentos atrasados de produtos (41%);

– Perda de clientes (41%);

– Perda de fidelidade à marca (41%);

– Perda de produtividade dos empregados (40%).

Líderes empresariais inteligentes estão procurando dar maior ênfase às ferramentas de gerenciamento e infraestrutura subjacentes aos serviços digitais. De fato, 99% dizem que a visibilidade em toda a experiência digital é fundamental para medi-la e gerenciá-la com sucesso; e 98% dos tomadores de decisão de negócios globais acreditam que uma arquitetura de TI moderna que oferece maior agilidade é importante para melhorar o desempenho digital.

As empresas também dizem que a hora de agir é agora. Ainda mediante a pesquisa, 77% dos tomadores de decisão globais dizem que é fundamental que suas empresas invistam na melhoria da experiência digital para usuários ou clientes nos próximos 12 meses. As principais áreas apontadas para se fazer investimentos nos próximos 12 meses incluem:

– Modernização de redes e infraestrutura para maior agilidade (60%);

– Capacidade de monitorar e gerenciar melhor a experiência digital do usuário final (59%);

– Melhorar as capacidades do service desk (59%);

– Acelerar o desenvolvimento de aplicações (58%).

Um número significativo desses mesmos tomadores de decisão também identificou as soluções em nuvem e as tecnologias emergentes como principais impulsionadoras da experiência digital. Quase todos, 99%, acreditam que os usos de tecnologias de nuvem são importantes para a estratégia digital de suas empresas e os líderes de negócios gostariam que suas empresas investissem em tecnologias emergentes como:

– Análise de dados (60%);

– IoT (59%);

– Tecnologia Blockchain (48%);

– Aprendizado de Máquina (47%);

– Inteligência Artificial (47%);

– Realidade Virtual (36%);

– Redes 5G (21%).

Fonte: TI Inside


Compartilhar!

A revolução do relacionamento com o cliente: conheça o SAP C/4HANA


Postado em 19/06/2018 por FH
image-1

No começo deste mês, a SAP lançou o SAP C/4HANA seu novo pacote de gerenciamento de relacionamento com o cliente!

Com a alta exigência dos clientes, a necessidade de inovar ao criar um novo pacote de experiência do cliente, dando às empresas a oportunidade de revolucionar seus negócios, é muito clara.

Os novos clientes estão exercendo cada vez mais relações com suas marcas favoritas, ditando as principais tendências e a forma como eles interagem. Não importa se o seu cliente é uma pessoa ou uma empresa, suas expectativas estão mudando o conceito de design do CRM de quarta geração nos seguintes aspectos:

  • Proteção de dados: ninguém quer que seus dados sejam usados sem o seu conhecimento. Esse fator pode ser determinante para conquistar a confiança do consumidor.
  • Tratamento com as pessoas: cada vez mais os clientes querem ser tratados como pessoas e não como oportunidades para ganhar dinheiro. Eles querem um atendimento personalizado, de forma que a empresa consiga antecipar suas necessidades e suas preferências.
  • Responsabilidade com a verdade: se sua empresa prometeu a melhor experiência possível para o cliente, cumpra essa promessa. No fim, o que eles mais querem é ter certeza de que as garantias oferecidas serão cumpridas.

Podemos classificar o CRM de última geração como um sistema de engajamento inteligente e eficaz, que coloca as pessoas no centro de tudo para entregar à ela as melhores experiências.

Conheça o SAP C/4HANA

O SAP C/4HANA é um conjunto integrado que permite que as empresas gerenciem de forma eficaz a experiência dos seus clientes.

Com o SAP Customer Data Cloud, a empresa consegue ter uma visão completa do cliente, na qual todos os dados são consentidos pelos mesmos.

Com a extração da identidade dos clientes a partir desses dados, é possível:

  • Traçar estratégias para campanhas individualizadas;
  • Oferecer experiências omnichannel;
  • Criar relacionamentos personalizados.

O SAP C/4HANA utiliza seu núcleo digital de maneira que só a SAP é capaz de fazer, onde a força de experiência do cliente é definida pela força do núcleo digital.

Com este lançamento, a SAP Hybris se torna a SAP Costumer Experience, consolidando SAP Hybris, CallidusCloud, Gigya e Coresystems sob uma única marca e reforçando o compromisso da SAP de criar experiências confortáveis e diferenciadas para o seu negócio.

Por fim, podemos concluir que o SAP C/4HANA faz parte do propósito da SAP de fornecer processos integrados de ponta, reconhecendo a importância de desenvolver um bom relacionamento com os clientes e contribuindo para o crescimento de seus parceiros.

Fonte: SAP


Compartilhar!

Publicada Nota Orientativa da EFD-Reinf


Postado em 19/06/2018 por FH
image-1

 

Publicada Nota Orientativa 01/2018 que trata de arredondamentos de retenções na EFD-Reinf.

Para ter acesso, clique aqui.

Fonte: SPED


Compartilhar!

Conheça o ECG – Enterprise Cloud GUEPARDO!


Postado em 14/06/2018 por FH
image-1

A transformação digital faz parte do DNA da FH, que, mantendo o seu ideal de busca contínua da excelência na parceria com seus clientes, lança mais uma solução inovadora!

A transformação digital com foco em compliance agora tem nome e sobrenome: ECG – Enterprise Cloud GUEPARDO!

O ECG pode ser definido como um conjunto de funcionalidades, na nuvem, que possibilitará aos clientes – encontrar em um só lugar – a solução para todas as demandas das áreas fiscal e contábil, no que se refere a documentação eletrônica e obrigações com o fisco.

Considerado o mais inovador projeto da FH, o ECG foi idealizado para ser a mais completa API Fiscal do Brasil e, seu conjunto de features está alicerçado em quatro grandes pilares:

  • Dados Mestres;
  • Entrega de Obrigações;
  • Business Intelligence (Analytics);
  • Auditoria.

O Enterprise Cloud GUEPARDO está preparado para atender empresas de qualquer porte ou segmento, nele os clientes pagarão apenas pelo que utilizarem, mantendo o foco na operação. Implementar é rápido e fácil – a FH cuida de todos os detalhes técnicos, disponibilizando farto material de apoio!

Se você se interessou pelo ECG, entre em contato com o time comercial da FH no comercial@fh.com.br e obtenha maiores informações sobre como ter todas as demandas fiscais e tributárias estrategicamente atendidas, na era da transformação digital!


Compartilhar!
Postado em Agroindústria News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News

Cultura Digital: muito além da tecnologia


Postado em 13/06/2018 por FH
image-1

 

De acordo com os mais renomados autores, pensadores e ativistas, ainda não existe um conceito consolidado sobre o que é a Cultura Digital.

Isso possibilita, em muitos casos, que termos como sociedade da informação, cibercultura, revolução digital ou mesmo era digital sejam facilmente encontrados nos mais diversos meios ao redor do mundo.

Mas, se neste momento ainda não se pode afirmar com exatidão o que de fato envolve a cultura digital, podemos ao menos voltar um pouco no tempo e olhar para alguns indícios no mundo corporativo.

Para que você tenha uma ideia, sempre que falamos em cultura, principalmente no cenário corporativo, estamos nos referindo ao conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes que norteiam qualquer atividade profissional.

Sendo assim, podemos dizer que a cultura digital tem, em sua essência, mesmo que apenas para o mundo corporativo, a missão de traduzir os anseios e as expectativas de um mercado cada vez mais multicanal e conectado, à atuação de cada colaborador de uma empresa.

Naturalmente, quando falamos disso, precisamos ter em mente que o nível de profundidade que este novo modo de agir influencia a vida e as estratégias de uma organização varia ao ponto de se tornar praticamente exclusivo e personalizado, seja em cada profissional, área, empresa, negócio ou segmento.

Em um dossiê publicado pela revista Telos, Manuel Castells, sociólogo espanhol, define a cultura digital em seis tópicos:

  1. Habilidade para comunicar ou mesclar qualquer produto baseado em uma linguagem comum digital;
  2. Habilidade para comunicar desde o local até o global em tempo real e, vice-versa, para poder diluir o processo de interação;
  3. Existência de múltiplas modalidades de comunicação;
  4. Interconexão de todas as redes digitalizadas de bases de dados ou a realização do sonho do hipertexto de Nelson com o sistema de armazenamento e recuperação de dados, batizado como Xanadú, em 1965;
  5. Capacidade de reconfigurar todas as configurações criando um novo sentido nas diferentes camadas dos processos de comunicação;
  6. Constituição gradual da mente coletiva pelo trabalho em rede, mediante um conjunto de cérebros sem limite algum. Neste ponto, me refiro às conexões entre cérebros em rede e a mente coletiva.

Simples, não acha?

Não. Nada simples.

Por meio desse dossiê, fica claro que a implementação de uma cultura digital une, em sua essência, aspectos que muitas vezes o mundo corporativo contemporâneo considerou que nunca se integrariam, tais como cultura e ciência.

Os reflexos de uma união como essa já podem ser encontrados e estão ao alcance de qualquer pessoa, mesmo que de uma forma ainda considerada disruptiva, por meio de temas como neuroaprendizagem, neurobusiness, neuromarketing, dentre tantos outros.

E o que isso significa?

Estamos de fato testemunhando o surgimento de uma nova era. Uma era na qual não se olha mais para o que quer que seja de forma fragmentada, mas omni, ou seja, no todo.

Se o consumidor é cada vez mais global, se os pontos de venda são cada vez mais estratégicos e se transformam a cada dia mais e mais em pontos de experiência, o mesmo está acontecendo com as pessoas.

Já não se pode mais olhar um profissional e rotulá-lo apenas pelos conhecimentos e habilidades que possui, mas é preciso dar um passo à frente e enxergá-lo com indivíduo.

Isso significa que, nesta nova era, na qual a cultura digital está cada vez mais presente, as pessoas finalmente passam a ser vistas como pessoas e não apenas como meras ferramentas de produtividade, resultados e lucro.

A cultura digital exigirá cada vez mais que haja valor e interesse real pelo indivíduo, seja ele o que produz, o que distribui, o que entrega ou o que compra.

Por esta razão, já podemos sentir que o propósito, até pouco tempo meramente traduzido em missões e valores que em muitos casos serviam de enfeites afixados nas paredes, passe de fato a fazer parte não apenas da estratégia, mas da vida das pessoas.

Lembre-se. O mesmo indivíduo que produz, distribui e vende também é o que compra, o que consome.

De informações a produtos, o que passa a valer nesta nova era, a qual chamamos de Cultura Digital, não é tangível, mas sim sensorial, emocional e disruptivo.

Por tudo isso, ouso dizer que, neste momento, e, possivelmente, no futuro próximo, cada vez mais a melhor tradução para Cultura Digital seja a palavra experiência.

Pense nisso!

Fonte: Portal Mercado & Consumo


Compartilhar!
Postado em Agroindústria News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Utilities News, Varejo News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Technology News, Varejo News

Página 1/9 | Próxima | Última