Setor Público News Archives | FH Brasil

SAP aposta em CRM com lançamento do C/4HANA


Postado em 12/06/2018 por FH
image-1

Empresa anunciou plataforma nesta terça-feira, durante abertura de sua conferência anual nos EUA

Em 2017, a receita mundial de software de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM – customer relationship management) totalizou US$ 39,5 bilhões e superou a dos sistemas de gerenciamento de banco de dados (DBMSs), que registrou US$ 36,8 bilhões. Com isso, CRM set tornou o maior mercado de software, segundo o Gartner.

Para 2018, a estimativa da consultoria é que o mercado de CRM atinja taxa de crescimento de 16%.

É de olho neste mercado que a SAP, líder global em soluções de ERP, está decidindo apostar suas fichas. A companhia anunciou nesta terça-feira (5/6) o SAP C/4HANA, nova oferta de CRM, para bater de frente com grandes concorrentes, como Salesforce, Microsoft e Oracle.

O anúncio foi feito pelo CEO da companhia, Bill McDermott, durante a conferência anual Sapphire Now, realizada nesta semana em Orlando, nos EUA.

O título da apresentação de McDermott já indicava que algo viria: “O próximo passo”.

“Mudamos de uma visão 360 graus da automação de vendas, em que algumas empresas focam, para uma visão 360 graus do cliente de fato. Para um mundo que CRM se conecta a toda cadeia de suprimentos”, destacou o executivo, cutucando a rival Salesforce.

“A SAP foi a última a aceitar o status quo do CRM e agora é a primeira a mudar”, disse McDermott.

Ele disse também que os atuais sistemas de CRM do mercado se resumem a vendas, enquanto o SAP C/4HANA é focado na experiência do cliente.

Aquisições

O SAP C/4 HANA é formado pelas recentes aquisições concluídas dos líderes de mercado Hybris, Gigya e CallidusCloud. A empresa alemã une soluções para suportar todas as funções de front-office, como proteção de dados do consumidor, marketing, comércio, vendas e atendimento ao cliente.

Integração

Com base na reputação da empresa como provedora de soluções de negócios de ponta a ponta, a nova suíte de CRM pretende oferecer integração total com o portfólio de aplicativos de negócios da SAP, liderado por seu conjunto de ERP.

Portfólio

O portfólio SAP C/4HANA inclui: SAP Marketing Cloud, SAP Commerce Cloud, SAP Service Cloud, SAP Customer Data Cloud (incluindo as soluções adquiridas do Gigya) e SAP Sales Cloud (incluindo as soluções CallidusCloud adquiridas). Além disso, o SAP Sales Cloud une a solução SAP Hybris® Revenue Cloud e o SAP Hybris Cloud for Customer (composto pelas soluções SAP Hybris Sales Cloud e SAP Hybris Service Cloud).

Essas soluções em nuvem – anteriormente no mercado sob a marca SAP Hybris – bem como a organização de comércio e envolvimento do cliente da SAP agora estão consolidadas na unidade de negócios SAP Customer Experience para oferecer suporte a uma experiência de marca consistente.

Fonte: Computerworld

 


Compartilhar!

ERP Inteligente: facilitador da transformação digital


Postado em 08/06/2018 por FH
image-1

O ERP Inteligente é uma das principais soluções para auxiliar empresas na transformação digital

No passado, o que determinou o crescimento de grandes empresas no Brasil e na América Latina foi a redução de custos e o ganho de eficiência. Já nos dias atuais, o que determina o crescimento de uma organização é a inovação, seja de produtos, de serviços ou no relacionamento com os clientes. A transformação digital pode auxiliar nesse processo.

Estudos da IDC mostram que até 2021 pelo menos 40% do PIB da América Latina estará digitalizado, sendo impulsionado pelo crescimento de cada setor, relacionamentos e ofertas aprimoradas digitalmente.

Porém, no Brasil, menos de um quarto das organizações está em estágios avançados de transformação de seu modelo de negócio. As organizações de médio porte são as que mais enfrentam o desafio de modernização tecnológica. Por isso, para acompanhar e responder as novas demandas do mercado, as empresas devem acelerar suas mudanças internas.

O ERP Inteligente, ou i-ERP, é a ferramenta mais recomendada para ajudar as empresas a entrarem na transformação digital e a continuarem reduzindo custos.

O ERP Inteligente é constituído de suítes de negócios que possuem capacidades de registro e controle de processos administrativos. Uma solução administrada na nuvem, pode fazer uso de inteligência preditiva para automatizar áreas como finanças, recursos humanos, atendimento, suporte, vendas, entre outras. Com isso, a empresa consegue reduzir os custos de operação e manutenção da infraestrutura tecnológica, além de obter informações rapidamente e de forma simples para a tomada de decisões.

A tecnologia de Machine Learning analisa dados em massa e pode auxiliar no planejamento da empresa e no desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Por essa e inúmeras outras vantagens a IDC coloca o ERP Inteligente como uma das soluções com maior potencial de investimento na América Latina e no Brasil para os próximos anos.

Independente do porte da empresa, acompanhar a transformação tecnológica se faz necessário para agregar valor e para garantir a prosperidade da organização em meio as exigências do mercado.

Fonte: SAP


Compartilhar!

4 tendências que estão movimentando a transformação digital


Postado em 30/05/2018 por FH
image-1

 

Cenário aponta para uma ininterrupta movimentação, seja na criação de ferramentas, na evolução ou implementação de novos recursos

Não há como negar, vivemos em uma realidade digital. Sejam as relações pessoais ou profissionais, estamos envolvidos por esse meio. Fazemos parte de uma era na qual o analógico ficou no passado. Nossos relógios são inteligentes, podemos realizar as mais diversas ações por meio de um dispositivo na palma da mão, a segurança, as transações financeiras, as informações, etc. Aliás, seria mais fácil perguntarmos: o que não é digital nesse mundo atual?

Ainda dentro desse cenário existe uma ininterrupta movimentação, seja na criação de ferramentas, na evolução ou implementação de novos recursos. Essas mudanças têm auxiliado o mundo a se transformar, criando novas redes de conexão, processos e impactando diretamente na atuação de seus públicos, sejam abertos ou privados. Nesse contexto, quatro tendências têm se destacado e estão agindo diretamente na evolução para um mundo todo conectado.

Analytics & big data

Cada vez mais empresas, independentemente do porte e área de atuação, vão passar a investir em big data e analytics de forma a otimizar os mais diversos âmbitos do negócio. Para se ter noção em números desse setor, apenas o big data deve movimentar mundialmente US$ 41,5 bilhões neste ano, uma alta de 6,4% no período, expansão seis vezes superior à da indústria de TI como um todo.

A quantidade de dados sobre uma determinada empresa, produto, serviço ou perfil aumenta a cada dia que passa. Mas é por meio da análise de todo esse material que está o grande ganho para as organizações, uma vez que mais importante que o número de dados reunidos, são os insights e os valores gerados após este processo.

Os resultados ajudam em diversas decisões estratégicas do negócio, gerando redução de custo e tempo, desenvolvimento de novos produtos, entendimento maior a respeito do público-alvo, ofertas customizadas, além de decisões ainda mais assertivas. É válido ressaltar que, para que o data analytics seja eficiente e ágil, é preciso que as empresas definam previamente quais perguntas devem ser respondidas por meio da análise de dados.

Internet das coisas (IoT)

De acordo com a IDC Brasil, o mercado de internet das coisas (IoT) deve movimentar mais de US$ 8 bilhões em investimentos no Brasil durante 2018. A empresa ainda realizou uma pesquisa no final de 2017 mostrando que 4% das casas brasileiras já possuem algum dispositivo conectado.

A IoT oferece maneiras inovadoras para que as organizações gerenciem e monitorem operações remotas, além de permitir a supervisão de locais remotos, alimentando informações constantemente em aplicativos e armazéns de dados. O baixo custo das “coisas” permite a observação e o gerenciamento de atividades que anteriormente estavam fora de alcance. Também é possível obter insights sobre eventos que já foram invisíveis, por exemplo, a correlação de padrões climáticos com a produção industrial.

Outro ponto relevante que deve sempre permear esse conjunto de dispositivos digitais é a segurança, para resguardar tanto o usuário final quanto o próprio empreendedor. Cautela é a palavra de ordem neste momento de euforia, já que muitos negócios podem deixar de lado os inúmeros testes que são aconselháveis no desenvolvimento tecnológico na ânsia por entrar nesse mundo.

Do ponto de vista dos usuários, por conta do ritmo frenético de novidades, é importante manter todos os dispositivos com as versões mais recentes dos sistemas, assim como não esquecer de adquirir e garantir que as ferramentas de segurança estejam sempre atualizadas.

Blockchain

Com uma série de vantagens, como transparência nas operações, segurança e confiabilidade, o blockchain impacta diretamente na implementação do compliance nas empresas, algo cada vez mais em pauta nas relações B2B e B2C.

Também conhecido como protocolo de confiança, o blockchain funciona como uma espécie de livro público de registro de transações que é acessível por todos os usuários e no qual cada operação é digitalmente assinada com o objetivo de garantir sua autenticidade, fazendo com que o próprio registro seja considerado um documento de alta integridade.

Para assegurar sua veracidade, a blockchain utiliza modelos numéricos, o que torna os processos mais seguros e confiáveis devido à conversão do texto em assinatura em mão única. Ou seja, a informação não pode ser alterada ou revertida, pois a tecnologia atua com as chamadas funções Hash. Assim, todos os dados de entrada e de saída de uma mesma operação são criptografados, criando um código altamente protegido e garantindo sua idoneidade. O Hash do último bloco de informações gera a assinatura seguinte.

Esses blocos são compostos por uma quantia elevada de algoritmos, o que dificulta uma possível interferência ou a quebra dos Hashs. O bitcoin, por exemplo, utiliza dois algoritmos distintos em sua criptografia, criando duas camadas de proteção para impedir fraudes; se uma for quebrada, a segunda assegurará o conteúdo codificado.

Hoje, além de seu uso convencional nas transações de criptomoedas, o blockchain já pode ser aplicado em outros tipos de operações financeiras, bem como servir para realizar o registro de bens, títulos de crédito, consórcios, entre outros, e na própria internet das coisas (IoT). Entretanto, a maior parte do uso de blockchains ainda é predominantemente em startups.

Fonte: Computer World


Compartilhar!

O SEO antigo está morto, vida longa ao SEO moderno


Postado em 07/05/2018 por FH
image-1

 

Para que qualquer marca, independentemente de seu tamanho, possa comunicar seu público de maneira efetiva e permanente, o serviço de SEO (Search Engine Optimization) deve ser entendido como um ingrediente fundamental e não como uma cobertura de bolo que você aplica somente depois que tudo estiver pronto.

Ter bons posicionamento e reputação depende de como as pessoas se sentem em relação à sua marca. Na prática, um site, por exemplo, precisa atender a três requisitos fundamentais: oferecer um conteúdo relevante, ter uma ótima experiência de navegação e transmitir autoridade. Uma vez que os mecanismos de busca detêm um papel decisivo neste processo, adotar uma estratégia de SEO se torna uma obrigação para qualquer marca.

E como tudo o que está no ambiente digital tem um DNA mutante, capaz de se reinventar em um curto espaço de tempo, com o SEO não poderia ser diferente. Desde o seu surgimento, até hoje, muitas mudanças aconteceram e não param. O SEO, que era uma novidade há pouco tempo, já pode ser chamado de SEO antigo. E, a cada novo algoritmo e nova tecnologia, como a Inteligência Artificial, surge o SEO Moderno.

Anos atrás, agências e empresas se preocupavam em manipular os mecanismos de busca para posicionar uma ou mais palavras. O SEO de hoje, não é mais orientado exclusivamente a palavras-chave.

Estratégias antigas, como densidade de palavras-chave ou cloaking pages (uma mesma página mostra um conteúdo para os buscadores e um outro conteúdo para os usuários) já são facilmente penalizadas pelo Google desde que seus algoritmos foram atualizados com os chamados Penguin e Panda updates.

Mas, talvez o último prego no caixão do velho SEO, se chama RankBrain –  uma das últimas grandes atualizações do Google desenvolvido a partir de machine learning e inteligência artificial. Este algoritmo entrega resultados não mais apenas baseados em palavras-chave específicas, mas em conceito e semântica. Ou seja, se uma pessoa realiza uma determinada busca, o resultado não necessariamente precisará exibir o termo exato da busca, mas um resultado relevante à intenção dessa busca, mesmo que a palavra não seja exibida no título ou na descrição do resultado.

Isso não significa, no entanto, que as palavras-chave deixaram de ter sua importância, mas definitivamente perderam seu peso. Agora é preciso ter um novo olhar em como comunicar sua marca junto ao público que está procurando seu produto ou serviço. Um texto, por exemplo, não deve mais ter como foco uma palavra-chave específica, mas deve levar em conta contexto, palavras e frases semânticas, variações, sinônimos, sobretudo se considerarmos o crescimento cada vez maior de buscas feitas por voz através de dispositivos móveis.

Nesse sentido, seja qual for a tecnologia ou o canal de comunicação, todas as marcas devem ter em mente um único objetivo: fale para as pessoas e não para os robôs.

Fonte: Adnews


Compartilhar!

Saiba como o SAC omnichannel vai transformar o seu atendimento ao cliente!


Postado em 18/04/2018 por FH
image-1

Integrar solicitações, chamados ou tickets de atendimento que surgem dos mais diversos canais, tornou-se um dos grandes problemas que as empresas enfrentam em sua estrutura de pós-venda.

Muitas vezes, um mesmo cliente solicita atendimento via redes sociais, e-mail, chat do site e ligação na central telefônica, fazendo com que as informações se percam através destes canais. Desta forma, a empresa fica sem acesso à situação em que se encontra este atendimento, despendendo tempo e força de trabalho em diversas frentes para atender a mesma pessoa. Além de aumentar o prazo de resolução do problema, gera custos desnecessários e impacta negativamente a imagem da empresa.

Não seria incrível se todos os seus canais de relacionamento e os tickets de atendimento solicitados estivessem integrados em uma única plataforma?

É isso que uma solução de SAC Omnichannel faz, ao tornar a abertura de um ticket de atendimento possível a partir de qualquer canal de relacionamento. Integrada em uma única plataforma, esta solução oferece total controle sobre o status de atendimento e auxilia a transformação destes importantes dados em novas oportunidades de negócio.

Com acesso a todas as informações do cliente, seu histórico de compras e atendimentos solicitados, o profissional de relacionamento consegue atender o cliente de forma mais completa e eficiente, podendo inclusive reintroduzir este consumidor em sua jornada de compra.


Compartilhar!

Revista FH – 10° Edição


Postado em 02/03/2018 por FH
image-1

Já está disponível a décima edição da Revista FH!

Nesta edição você pode conferir os seguintes destaques:

  • Estrutura renovada. Mudanças na FH visam fortalecer a área de vendas e consultoria
  • Convenção de Vendas FH traz reflexão e visão de futuro
  • Confira as tendências do varejo para 2018 apresentadas na NRF
  • Valorização da experiência transforma consumidor em defensor da marca
  • Soluções para o compliance fiscal das organizações
  • Management hosting é com a FH
  • Cervejaria Petrópolis conta com o suporte fiscal da FH

Boa leitura!


Compartilhar!

A FH trabalha para ser a transformação digital – e não é de hoje!


Postado em 27/02/2018 por FH
image-1

A FH sempre teve a transformação como seu objetivo principal. Já em meados de 1999, quando os dois melhores alunos do curso de Engenharia Elétrica do antigo CEFET-PR, atual UTFPR, Ricardo Fachin e Fábio Hauagge decidiram empreender e fundar a FH, na época Fachin & Hauagge Consultoria, para transformar o mercado SAP brasileiro, oferecendo os serviços da gigante alemã com qualidade e preço justo.

Como resultado dessa ambição, o negócio começa a prosperar e nos anos de 2002 a 2006 a FH aumenta sua equipe, realiza seu primeiro projeto internacional, na Espanha; inaugura sede em São Paulo e também uma nova sede de Madri. Uma grande evolução para uma empresa que tinha apenas 7 anos!

Em 2007 ocorre um ponto de virada: A FH se torna parceira oficial da SAP, sendo até hoje Gold Partner! Nos anos seguintes o crescimento da empresa decola e leva à inauguração da sede no Rio Grande do Sul, ao lançamento da Solução Fiscal GUEPARDO e sua pioneira certificação pela SAP no Brasil e ao recebimento do primeiro ASUG Impact Awards de melhor projeto do ano de 2011.

O ano de 2012 se torna histórico quando a unidade Outsourcing alcança a marca de 100% de seu time de consultores certificados e é inaugurada a unidade de Technology. Em 2013 a FH conquistou dois prêmios importantes, o de “Empresa Top 10”, no ranking de suporte no Brasil e 1° Lugar no prêmio SAP de Melhor Solução de Cliente.

Em seu aniversário de 15 anos, em 2014, a FH inaugura a sede de Joinville (SC) e inicia o primeiro projeto de e-commerce, que culmina na aquisição da Flieger, transformando a FH na empresa com maior capacidade instalada do Brasil para projetos omnichannel e a ser a primeira empresa da América Latina a conquistar todas as certificações SAP Hybris!

O ano de 2017 reservava a conquista, do ASUG Impact Awards pelo quarto ano consecutivo, ,  e também marca o lançamento do Camaleo, a nova plataforma tecnológica criada para desenvolvimento de soluções e aplicativos; o aniversário de 10 anos da unidade Outsourcing e para fechar o ano com chave de ouro: os 18 anos da FH!

Viu, não é de hoje que a FH trabalha para ser a transformação digital! São 18 anos atuando 24/7/365 para transformar negócios, alavancar resultados, simplificar, automatizar e integrar processos, prestar o suporte necessário, superar expectativas e ser o parceiro estratégico de empresas que querem fazer parte dessa revolução digital!

São muitos anos de atuação e muitas histórias de sucesso, por isso, buscando sintetizar tudo o que a FH oferece ao mercado, apresentamos o nosso novo vídeo institucional! Confira!


Compartilhar!
Postado em Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News

Transformação Digital no atendimento ao cliente: um estudo sobre a experiência em primeiro lugar


Postado em 19/02/2018 por FH
image-1

Pensar na transformação digital no atendimento ao cliente se tornou uma questão de sobrevivência, visto que grande parte da jornada de compra já ocorre no meio digital e a tendência é que essa proporção cresça.

Obviamente, essa afirmação é mais impactante em alguns segmentos do que em outros, mas é até difícil pensar no exemplo de um setor que esteja imune a essas mudanças. Ainda assim, grande parte das empresas apenas acompanha essa transformação, quando poderia tomar a dianteira em relação à concorrência.

É possível assumir essa postura e não dar atenção a experiência do cliente? Imaginamos que não, afinal, eles têm se tornado cada vez mais influenciadores, ou seja, podem avaliar empresas em poucos cliques. Isso é determinante, pois as pessoas são sensíveis as opiniões alheias.

É sobre esse contexto que pensamos nessa postagem para você. Siga a leitura e descubra como a transformação digital no atendimento ao cliente pode inovar seu negócio!

A oportunidade de inovar com a transformação digital no atendimento ao cliente

A transformação digital é um processo no qual as empresas usam a tecnologia na busca de uma performance superior. Se entendermos que a inovação é traduzida pelo sucesso de aplicação de um novo modelo — na estratégia ou na operação —, então, podemos dizer que existe estreita ligação entre elas.

Assim, você pode usar a transformação digital para inovar no processo comercial, melhorar a retenção de clientes, aplicar um novo modelo de negócios ou até mesmo alterar o formato de monetização (a forma como troca seu produto por dinheiro, que pode ser vendendo, locando, entre outros).

Um bom exemplo são algumas das novas empresas do setor financeiro — as fintechs. Elas conseguiram espaço para concorrer com gigantes do mercado inovando o modelo de negócios e transformando a gestão de vendas. Nesses casos, a tecnologia tem papel determinante. Se observarmos atentamente, é até difícil dizer onde termina a empresa de tecnologia e onde começa a financeira.

Isso porque as duas atividades estão presentes na rotina do negócio. Elas usam aplicações especialmente desenvolvidas para automatizar e otimizar processos — como a análise de crédito e o envio de propostas de negócio.

Hoje, existem recursos tecnológicos, como os chatbots, que na maioria dos casos conseguem resolver boa parte do atendimento. Trata-se de um software que funciona como um robô e simula uma conversa entre humanos em um chat.

Desse modo, o tempo que o cliente precisaria para explicar uma solicitação para um atendente pode ser suficiente para que ele mesmo resolva uma necessidade simples (como imprimir uma 2ª via de um documento). Afinal, um atendimento tipo “self-service” facilita e simplifica a resolução de problemas.

A experiência do cliente como base de transformação

Continuando com o exemplo, observamos que o sucesso dessas empresas inclui uma dedicação especial na melhora da experiência do usuário. Além disso, o uso de aplicativos permite uma enorme autonomia do cliente.

Ele consegue fazer grande parte do atendimento sozinho, utilizando apps amigáveis com telas altamente intuitivas. Assim, só existe necessidade de um atendimento humano em uma pequena parcela dos casos.

Com isso, a empresa consegue montar uma equipe de atendimento mais qualificada e dar mais atenção para o cliente quando necessário, enquanto aprimora os sistemas para melhorar ainda mais a experiência.

O resultado é um grande engajamento dos usuários com a marca. Isso só é possível porque o modelo foi elaborado e permite um tratamento de excelência com a experiência de uso. Quando ele compara o que vivenciou com uma empresa tradicional, percebe um valor muito superior.

Usamos esse exemplo porque nos pareceu perfeito para deixar clara a relação entre a transformação digital e a experiência do cliente. Agora, vamos focar em outros detalhes das interações.

O futuro da experiência do cliente

A experiência do cliente na transformação digital começou a romper fronteiras. Ela não está mais limitada ao uso do produto ou a compra, visto que agora inclui interação nas redes sociais, acesso às páginas de captura, navegação no site e todo canal de contato que a empresa disponibiliza.

Aliás, a disponibilidade de contato multicanal, estratégia conhecida pelo nome de omnichannel, tem se mostrado fundamental para entregar uma boa experiência. Afinal, o cliente não quer e não aceita estar limitado a poucos meios de interação.

Esse amplo relacionamento forma uma verdadeira “colcha de retalhos” de detalhes e informações. Os recortes desse tecido precisam ser integrados com recursos tecnológicos para permitir uma perfeita sinergia entre os canais e uma experiência satisfatória.

Além disso, o conjunto dessas interações é que vai proporcionar um efeito positivo ou negativo no que o cliente está vivenciando no relacionamento. No final, é essa experiência que vai determinar a percepção que o público tem da marca.

É difícil alguém se arriscar a determinar até onde iremos nessa expansão de relacionamento com o cliente, mas ninguém duvida que ela vai continuar e já temos boas pistas sobre essas mudanças. Por isso, estará cada vez mais ligada a transformação digital.

Ela está fazendo com que o cliente valorize a liberdade de escolher seus dispositivos, aplicações e canais de contato. Eles também estão exigindo flexibilidade para tomar decisões autônomas sobre como compram e interagem com as marcas e é preciso responder a esse comportamento de forma satisfatória.

Enfrentando o desafio

As pessoas são resistentes à mudança, pois, em um primeiro momento, ela significa certo desconforto. Contudo, no lugar de evitá-la, é muito mais positivo e motivador se portar como agente ativo nas transformações.

É normal que muitos tenham receio do desconhecido. Além disso, tem sido cada vez mais frequente o anúncio de inovações que vão substituir e podem até acabar com algumas profissões, agravando o receio de alguns. Acontece que essas mudanças são inevitáveis. A única forma de se proteger delas é se engajar para fazer parte de um futuro que tem tudo para ser inspirador.

Uma boa medida para colocar a experiência do cliente em primeiro lugar é mudar a forma como entendemos o relacionamento com ele. Não se trata apenas de conhecer a jornada de compra e se adaptar a ela. Hoje, é preciso envolver e engajar o cliente no processo decisório.

Obviamente, ele não vai decidir no lugar da direção, mas quanto mais a voz dele for ativa dentro da organização, maior será a capacidade de compreendê-lo e engajá-lo. Nesse sentido, ele assume uma maior participação.

Além disso, é preciso se dedicar a transformar as experiências por meio da evolução de ferramentas e da mudança de processos existentes, para torná-los mais adaptados às preferências dos funcionários, alterando ou incorporando ferramentas, aplicativos, dispositivos e aprimorando sua presença online.

Ademais, é fundamental se dedicar a incentivar e alinhar as várias áreas e canais do negócio, garantindo uma experiência contínua e igualmente satisfatória, independentemente do meio de interação escolhido pelo cliente.

Para terminar, a transformação digital no atendimento ao cliente não é uma medida com início, meio e fim. Ela se caracteriza por um processo contínuo e dinâmico. Por isso, é fundamental estabelecer metas e acompanhar o impacto de cada inovação. Assim, você identifica o que está funcionando, aprimora o que pode melhorar e elimina o que está prejudicando os resultados.

Fonte: Portal Transformação Digital


Compartilhar!
Postado em Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News

DCTFWeb – Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos


Postado em 19/02/2018 por FH
image-1

Instrução Normativa RFB nº 1.787, de 7 de fevereiro de 2018.

Manual de Orientação da DCTFWeb

Fonte: Receita Federal Brasileira


Compartilhar!
Postado em Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News

Soluções para o compliance fiscal das organizações


Postado em 18/01/2018 por FH
image-1

Por Johney Laudelino Da Silva

Quando se trata de compliance fiscal, é fundamental atender às solicitações do Fisco por completo, assegurar a correta apuração e entrega das obrigações federais, estaduais e municipais.

Além disso, o fato de estar de acordo com as normas e a legislação vigentes possibilita aos usuários das informações contábeis, fiscais e tributárias maior estabilidade para negociar ações, empréstimos, investimentos e para firmar contratos com a administração empresarial. Não basta atender de forma isolada os estágios do processo tributário, é preciso fazer análises para buscar inconsistências.

A otimização de processos passa por requisitos básicos que futuramente serão eficazes e modernos. Um deles é a utilização da mesma base de dados, com ganhos em tempo de execução e separação ou, em alguns casos, importação dos documentos fiscais idôneos.

Isso faz com que os analistas utilizem mais tempo para operar os números, ao invés de corrigi-los. A consequência é a entrega dos dados compilados com celeridade quando a empresa estiver em fechamento.

É válido destacar que os profissionais que atuam na área contábil trabalham para gerar informações capazes de promover alternativas às políticas públicas, como a contraprestação dos tributos apurados e recolhidos pelos contribuintes.

Neste sentido, uma solução fiscal implementada nas organizações deve gerar confiabilidade nos dados e segurança na proteção às informações, uma vez que a eficiência e as várias funcionalidades do software, acopladas à realidade das empresas brasileiras, são indispensáveis diante da complexidade da legislação brasileira.

Hoje, o país vive uma crise moral, com grandes corporações envolvidas em escândalos de corrupção, estatais tomadas por partidos políticos e trabalhando pela própria sobrevivência e prosperidade. Uma afronta à ética que afeta diretamente todas as atividades empresariais.

Diante deste círculo vicioso, influenciado pelas más condutas e práticas na administração de muitas companhias, a aplicação de ferramentas voltadas ao compliance fiscal torna-se fundamental. Quando aplicadas com o intuito de dar mais transparência às ações, esses dispositivos geram confiabilidade aos negócios feitos entre as empresas privadas e os órgãos da administração pública.

Johney Laudelino da Silva é especialista em Gestão Tributária e na Solução Fiscal GUEPARDO da FH. É formado em Ciências Contábeis e possui MBA em Gerência Contábil pelo IBPEX.

Fontes:

Diário Comércio, Industria e Serviços

Portal Fator Brasil

Fenacon

Curitiba IT

GS Notícias


Compartilhar!
Postado em Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Consulting News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Camaleo News, Consulting News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Outsourcing News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, SAP C/4HANA News, Serviços News, Setor Público News, Technology News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News, Agroindústria News, Famoquímica News, Fashion News, Financeiro News, Fiscal News, Guepardo News, Manufatura News, Sala de Imprensa News, Serviços News, Setor Público News, Utilities News, Varejo News

Página 1/3 | Próxima | Última