Natal 2020: fiscalização em alta e consumidor ansioso para temporada de compras | FH Brasil

Natal 2020: fiscalização em alta e consumidor ansioso para temporada de compras


Postado em 25/11/2020 por FH
image-1

Apesar de ter sido um ano difícil para economia brasileira, uma pesquisa realizada pela Teads, em parceria com a Netquest, mostra que o consumidor está animado para o período de festas e com planos para fazer as compras de natal.

O estudo mostrou que 89% dos entrevistados pretendem comemorar o Natal e 82% planejam comprar presentes para a data, sendo a internet o principal canal para a compra dos produtos. Entre os itens mais buscados pelo consumidor para compras de natal, estão: roupas e sapatos (71%), produtos de beleza (46%), utensílios domésticos (39%).

As mulheres pretendem comprar mais roupas e sapatos (73%), brinquedos (53%) e produtos de beleza (59%). Entre as intenções de compra do sexo masculino estão eletrônicos e entretenimento (42%), brinquedos (18%) e videogames (14%).

Os entrevistados também informaram que efetivarão suas compras de natal entre novembro e dezembro e que utilizam a internet como principal ferramenta para se inspirar no presente.

Natal digital (e em conformidade fiscal)

Com as restrições da covid-19, a prática da compra online tornou-se mais comum na vida dos brasileiros e por isso, marketplaces e redes sociais terão um papel importante na maior data comemorativa para o comércio.

Com isso, as ações para fiscalizar e combater a comercialização de produtos sem comprovação de origem, ou vendas sem emissão de documentos fiscais no comércio eletrônico, têm sido o alvo da RFB, como por exemplo a operação Nosbor, realizada no Estado de São Paulo, que notificou 420 empresas, espalhadas em 78 municípios.

O rápido avanço tecnológico traz novidades no setor fiscal e tributário, tornando a rotina dos profissionais da área muito mais ágil, mas também cobra um compromisso muito maior em relação as entregas das obrigações.

Dessa forma, fica claro que o natal é uma ótima oportunidade para aquecer o mercado e o caixa de muitas empresas, mas também exige investimento em infraestrutura de gestão fiscal, já que nesse período sua empresa vai emitir e receber centenas de XML de NF-es diferentes e deverá conciliar cada uma delas as suas respectivas compras. 

É dever da empresa informar ao fisco todas as suas transações de compra e venda, de acordo com a padronização do município. Todo esse processo é complexo, mas lembre-se que você pode contar com empresas especializadas em operações fiscais, como a FH!

 



Comentários!