FH Brasil | Descubra como obter vantagem competitiva utilizando marketplace!

Descubra como obter vantagem competitiva utilizando marketplace!


Postado em 15/05/2018 por FH
image-1

O marketplace vem sendo muito utilizado por empresas que têm buscado obter uma vantagem competitiva bem como maior visibilidade com mais um canal de vendas e relacionamento em sua estratégia omnichannel. Embora muitas vezes confundido com o e-commerce, os dois são bastante distintos. Apesar da similaridade de serem plataformas desenvolvidas para promover a venda de produtos via internet, a diferença fundamental é que o e-commerce é uma loja virtual em que uma empresa vende seus próprios produtos, já o marketplace é uma plataforma mediada por uma empresa em que vários outros “lojistas” podem vender seus produtos.

Por esta razão, de reunir vários parceiros em um único lugar, o marketplace é considerado um shopping center virtual! Mas para que ele funcione da melhor forma possível, a plataforma na qual este marketplace está baseado deve ser extremamente confiável e ter capacidade para receber múltiplos catálogos, enriquecer os produtos, gerenciar promoções e campanhas, integração de gateways de transporte, bem como a gestão de tickets de serviços, de forma a proporcionar a melhor experiência ao consumidor final e aos parceiros.

Mas, eu sou B2B, como posso utilizar o marketplace em minha estratégia omnichannel?

Engana-se quem pensa que marketplace é relevante apenas para o B2C, pois, da mesma maneira que a transformação digital modificou a forma das pessoas comprarem, vêm modificando também como as empresas compram de outras empresas, e por isso muitos fornecedores e indústrias já estão apostando nessa solução para facilitarem a compra de qualquer tipo de insumo necessário na sua produção.

O marketplace em B2B é bastante utilizado por montadoras de veículos ou outros produtos que envolvam vários fabricantes. Um exemplo é de uma grande montadora de veículos que implementou seu marketplace para conectar todos os distribuidores de peças seguindo as regras de negócio da empresa, tornando o estoque do terceiro, o “próprio estoque”. Isso ajuda controlar o ciclo de produção, ajuda a planejar possíveis aumentos e decréscimos de produção por sazonalidade, entre outros fatores.

Outra aplicação do marketplace é sua utilização para uma gestão estratégica de recursos em redes de franquias. Por exemplo em uma rede de fast-food, o franqueador reúne em uma plataforma, todos os seus fornecedores dos mais variados insumos, de hambúrguer a guardanapos e o franqueado realiza suas compras de acordo com as necessidades de sua unidade. A vantagem é mutua pois o franqueador garante que toda a sua rede utilize os mesmos materiais, mantendo uma padronização e consegue ter um mesmo nível de serviço e produtos, já o franqueado não precisa buscar fornecedores, apenas faz o pedido dos itens que ele precisa para a operação de sua unidade/loja.

Como você pode ver, a aplicação do marketplace em relações comerciais, sejam B2C ou B2B são praticamente inesgotáveis, uma vez que é mais um canal de venda e relacionamento, facilita a compra pois concentra vários fornecedores/lojistas em um único lugar e proporciona comodidade ao comprador durante sua jornada de compras.

E então, quer implementar um marketplace no seu negócio ou pretende fazer parte de um? Fale com a FH!


Compartilhar!

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário!
Assinar Newsletter