Ebit Archives | FH Brasil

O Dia do Consumidor já chegou! Sua empresa se preparou?


Postado em 13/03/2019 por abarcelos
image-1

 

Já passaram as férias de verão, a volta às aulas e o Carnaval, datas que criam expectativa em muita gente, porém, para o varejo a data comercial mais importante do primeiro trimestre é o Dia do Consumidor, que acontece no dia 15 de março.

A data vem ganhando cada vez mais importância no calendário do varejo e já é chamado de “Black Friday do primeiro semestre”, uma vez que, assim como a Black Friday, movimenta uma semana inteira de promoções, e para alguns players representa até um mês.

O brasileiro e o Dia do Consumidor

Segundo o Google, mais de 35 milhões de pessoas no Brasil já conhecem o Dia do Consumidor.

O levantamento mostra que apenas 30% dos brasileiros conheciam o evento no início de 2018. Mas quando ela é explicada, 81% afirmam que desejam comprar na data que celebra o consumidor.

A gigante de Mountain View também afirma que as buscas relacionadas ao Dia do Consumidor praticamente dobraram de 2017 para 2018, e que 73% das pessoas que compraram na data começaram a pesquisar uma semana antes.

O Dia do Consumidor já chegou! Sua empresa se preparou?

Quanto o brasileiro pretende gastar?

O Google afirma que mais de 52% dos consumidores pretende gastar mais de R$500 no primeiro semestre e que 58% destes pretendem aguardar a semana de promoções para realizar suas compras.

Já a Ebit|Nielsen afirma que o tíquete médio deve crescer 14,5%, de R$420 para R$481.

Expectativa de vendas

Segundo a Criteo, a tendência é que o desempenho de 2018 se repita nesta edição.

No ano passado, as vendas cresceram 65% em relação ao mesmo período do mês anterior.

 A empresa também chama atenção para a venda por meio de smartphones, uma vez que no ano passado, as vendas via mobile aumentaram 13% durante o evento.

A Ebit|Nielsen projeta que o número de pedidos deve subir de 521.322 mil para 536.382 mil, alta de 2,9%. Segundo a empresa o Dia do Consumidor deve gerar um faturamento de R$258 milhões em 2019, alta de 18% em comparação com os R$229 milhões reportados no ano passado.

O que o consumidor busca durante o evento?

Já é até automático pensarmos que durante períodos de promoções no varejo as categorias mais procuradas sejam a de smartphones, laptops, eletrônicos, entre outras, certo?

Mas no Dia do Consumidor as expectativas de compra também se voltam para o setor de Alimentos e Bebidas segundo dados do Google. A razão principal é a Páscoa.

Itens dessas categorias foram os mais buscados no Dia do Consumidor em 2018, quando a ferramenta registrou aumento de 65% nas buscas em relação ao mesmo período do ano anterior, o que os transformou na categoria líder da data, comprados por 35,4% das pessoas.

Mas, claro, roupas e calçados, computadores, videogames e smartphones têm grande expectativa de compras também.

O Dia do Consumidor já chegou! Sua empresa se preparou?

 

Fonte: Google

Sua empresa está preparada?

O que podemos concluir sobre o Dia do Consumidor é que a data está se consolidando como um grande momento do ano no varejo e vem se tornando um período de compras maior que apenas um dia, além de possuir a característica de estimular comportamentos de consumo bem específicos.

Depois de tantos dados positivos e expectativas de crescimento para 2019 você percebeu que a sua empresa ainda não possui uma plataforma integrada que suporte um evento dessa magnitude? Não se arrependa novamente no ano que vem! Converse com a gente!

Nossos especialistas em e-commerce, marketing, CRM, serviços ao consumidor e muito mais, indicarão as melhores ferramentas para que você fique fora do Dia do Consumidor em 2020!

 

[dinamize-form id=”7528″]

Compartilhar!
[ssba]
Postado em Technology News

E-commerce deve crescer 15% em 2019, saiba o porquê!


Postado em 27/02/2019 por abarcelos
image-1

Impulsionado pelos setores de cosméticos e moda, faturamento estimado para este ano é de R$61,2 bilhões

A Ebit|Nielsen, empresa de mensuração e análise de dados, divulgou a sua previsão para o crescimento do e-commerce em 2019 e apresentou o balanço do ano anterior.

Segundo a empresa, apesar de fatores como Copa do Mundo, eleições e a greve dos caminhoneiros, que afetaram de forma direta ou indireta todos os setores da economia, o e-commerce manteve sua curva de crescimento no ano de 2018.

O crescimento em 2018

Foi registrado um faturamento de R$53,2 bilhões, uma alta de 12% em comparação com 2017, ano em que o e-commerce cresceu 7,5% e faturou R$ 47,7 bilhões.

Houve um aumento de 10% no número de pedidos, que chegaram a 123 milhões e o tíquete médio de compras foi de R$434 apresentando uma ligeira alta de 1%.

O que 2019 deve trazer para o e-commerce

Para este ano a empresa prevê um crescimento de 15%, estimando um faturamento de $61,2 bilhões. Os pedidos devem ser 12% maiores, chegando à marca de 137 milhões, e o tíquete médio deve ser de R$447, com um aumento de 3%.

Algumas razões para o crescimento do e-commerce em 2018

Segundo a Nielsen, o crescimento reflete a efervescência do setor no ano passado com a entrada de novos players, fusões e aquisições, a consolidação do modelo marketplace, a chegada de mais de 10 milhões de novos e-consumidores e a melhor Black Friday da história.

E você, vai querer ficar de fora desse crescimento? Preencha o cadastro abaixo receba notícias e materiais exclusivos sobre o cenário do e-commerce brasileiro e mundial!

 

[dinamize-form id=”7447″]

 


Compartilhar!
[ssba]

Página /