Internet das Coisas Archives | FH Brasil

Indústria 4.0, produção industrial inteligente


Postado em 20/11/2018 por tklinguelfus
image-1

Luciano Morais, diretor na Unidade de Consulting da FH, é destaque na Folha de Londrina, no Portal Indústria 4.0, no Portal Computer World, no Portal Mirian Gasparin, no Portal Indústria & Comércio, no Jornal Indústria & Comércio, Portal Sotes, Portal Curitiba IT, Portal Estado de Minas e Portal O Diário e Comércio MG com o artigo Indústria 4.0, produção industrial inteligente.

Nesta nova realidade, as formas de trabalho serão alteradas e é importante ressaltar que as empresas e pessoas precisarão pensar à frente desta curva tecnológica.

industria-4.0-producao-industrial-inteligente

Como tornar seu negócio uma Empresa Inteligente


Postado em 18/07/2018 por abarcelos
image-1

A transformação digital originou um novo movimento na computação corporativa, tornando possível o surgimento das Empresas Inteligentes.

Transformação Digital

A transformação digital trouxe consigo diversas tecnologias inteligentes que moldaram a computação corporativa atual e redefiniram estratégias, fazendo surgir o que chamamos de Empresas Inteligentes. Elas têm como premissa a transformação digital e aplicam tecnologias inteligentes orientadas por dados para automatizar seus processos e tomar decisões mais assertivas, sempre com foco nos clientes.

As tecnologias inteligentes estão conduzindo as empresas a uma próxima geração de economia de valor, permitindo que seus funcionários se concentrem em atividades mais importantes, como o sucesso do cliente, planejamento estratégico e inovação. Por isso, separamos algumas tendências que as empresas devem seguir para agregar valor às suas organizações e se tornar Empresas Inteligentes:

Inteligência Artificial e Machine Learning

A IA e o Machine Learning permitem que algoritmos aprendam a partir de dados, alcançando melhores resultados sem que precise haver uma reprogramação. As empresas podem aproveitar esses recursos para eliminar tarefas manuais repetitivas, liberando seus funcionários para a realização de outras atividades. Esse processo pode ocorrer por meio da automatização.

Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas possibilita uma mudança significativa na produtividade dos negócios. Com ela é possível conectar diversas informações e objetos em uma mesma rede, fazendo com que o mundo físico e o mundo digital se conectem. As análises em tempo real podem prever necessidades de manutenção, assim como identificar potenciais problemas nos processos antes que os mesmos aconteçam.

Análise avançada

Por meio da integração de recursos analíticos avançados em aplicativos, os usuários conseguem analisar dados em tempo real, impulsionando sua tomada de decisão, além de poder simular os impactos de cada estratégia no negócio. Esse tipo de análise permite a antecipação das necessidades dos clientes, colaborando para a promoção de melhores experiências.

Práticas Seguintes

As Práticas Seguintes são um conjunto de etapas que ajudam uma empresa a inovar mais rápido do que a concorrência. Essas práticas são definidas por um conjunto de recursos e resultados, que são possíveis graças às tecnologias inteligentes da próxima geração. Com isso, conseguem responder rapidamente às mudanças do mercado e dinamizar os processos para obter os melhores resultados.

A construção de empresas inteligentes vai além da automatização de processos. Ela permite que você capacite seus funcionários e faça mais com menos; é como enxergamos o futuro dos negócios. O futuro do mercado é das Empresas Inteligentes, sua empresa está preparada para se tornar uma delas?

Fonte: SAP

Por que a Internet das Coisas é tão importante?


Postado em 13/03/2018 por FH
image-1

Porque evitar falhas, redundâncias e saber priorizar o que é necessário é fundamental

Com volumes gigantescos de dados, em um ambiente cada vez mais conectado e repleto de métricas, a “internet das coisas” tem conquistado importância com uma velocidade assustadora. Seja em sistemas simples, ou naqueles mais complexos e intrincados, a IoT tem se revelado uma tecnologia de grande valia para a captação, gestão e utilização racional das informações.

Tida como uma das molas propulsoras da transformação digital, por impulsionar e amparar processos de inovação em todas as áreas, com segurança e escalabilidade, a internet das coisas terá nada menos do que 34 bilhões de aparelhos conectados até 2020, em um número que pode ser revisto para cima brevemente.

Porque esta tecnologia é tão atraente? Que benefício traz para os negócios? Neste novo mundo que estamos vivendo, com ecossistemas inteligentes, líquidos, 24 x 7 — algo que insistimos em mencionar sempre que possível —, evitar falhas, ter redundâncias e saber priorizar o que é necessário é fundamental. Por isso, a IoT cresceu a — e ainda crescerá — muito!

Não é demais coletar os dados direto na nuvem? Não é sensacional e infinitamente mais inteligente mensurar tudo, mas só registrar aquilo que é realmente importante, o que de fato traz algo novo ou insights autênticos?

Podemos evitar muitos ruídos e perdas de tempo gerenciando, desde a origem, o que é realmente determinante em áreas específicas, contribuindo para a criação dos chamados “data marts”: repositórios de dados voltados a respostas direcionadas. Bingo!

Se o seu negócio quer ingressar no século XXI — caso ainda não tenha conseguido — a IoT é um dos temas que você e sua equipe precisam considerar para otimizar sua estrutura e amplificar os resultados.

Fonte: ASUG

5 previsões para a Internet das Coisas em 2018


Postado em 05/01/2018 por FH
image-1

O Portal Administradores afirma que mundialmente a Internet das Coisas está se tornando cada vez mais popular e que no nosso país não é diferente, uma vez que no ano de 2017 foi possível acompanhar a evolução e a adoção das conexões entre máquinas por grandes empresas brasileiras, como bancos, operadoras de telefonia e, principalmente, varejistas.

Dados da ANATEL  revelam que o Brasil encerrou o mês de outubro de 2017 com 14,8 milhões de conexões máquina a máquina (M2M), um crescimento de mais de 20% quando comparado com o mesmo período de 2016.

O Administradores entrevistou o PhD em IoT , Gabriel Dias, que sustenta que o ano de 2018 será muito importante para a consolidação da Internet das Coisas. Dias listou cinco previsões que para esse tipo de conexão e nas quais fala sobre o Plano Nacional de IoT, elaborado pelo BNDES e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, experiência do cliente, comercialização de dados IoT, wearables e IoT baseada em blockchain:

1. Soluções de IoT para área rural e indústria de base irão despontar no Brasil

O primeiro grande fator de impacto nas tendências do ano que vem é…

Clique aqui e confira a matéria na íntegra! - 5 previsões para a Internet das Coisas em 2018

Página /