Services Archives | FH Brasil

Coronavírus e o fisco: impactos e medidas preventivas


Postado em 23/03/2020 por asilveira
image-1

Considerando a classificação do novo coronavírus (COVID-19) como pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), planejar medidas para minimizar os impactos nas entregas fiscais tornou-se uma necessidade.

Sim, o coronavírus colocou a economia brasileira em um momento difícil. Bolsas despencaram nas últimas semanas. Os índices de volatilidade estão nas nuvens e parece que tudo nos faz lembrar da crise de 2008.

Com isso, diversas empresas optaram pela liberação de seus funcionários para realização de trabalho remoto (home-office) na tentativa de ajudar a conter a proliferação do vírus. Em um cenário projetado de queda de 0,14% do PIB, é preciso se pensar em formas de aproveitar melhor o orçamento que nos resta da melhor forma possível.

Nesse contexto fiscal, mapear cenários e identificar oportunidades no cumprimento das entregas podem minimizar os danos econômicos originados pela disseminação do vírus. Prevenir-se de multas e outras penalidades que possam prejudicar ainda mais o faturamento da organização deve ser prioridade para os profissionais da área.

Mas, com tantas empresas tendo que se adaptar para trabalhar com um time reduzido, é comum que um mesmo funcionário precise se dividir entre tarefas importantes e as extremamente operacionais. Há, porém, uma saída para que a equipe possa ganhar tempo e focar em questões mais técnicas e estratégicas.

O choque provavelmente será temporário, contudo, o impacto negativo para as empresas pode ser mais longo do que pensamos.

Para diminuir os impactos desse período turbulento, o time de Tax Compliance Services da FH, está a postos para ajudar sua empresa no cumprimento de todas as entregas, oferecendo pacotes de serviços voltados ao apoio para operacionalização das rotinas fiscais, realizado por pessoal qualificado, com ampla experiência em obrigações acessórias e planejamento tributário bem como a identificação de oportunidades para redução da carga tributária, dentro do cumprimento da legislação.


Compartilhar!
[ssba]

Por que a manufatura precisa de um ERP Cloud?


Postado em 09/03/2020 por abarcelos
image-1

Quanto mais a tecnologia evolui, mais os fabricantes industriais procuram novas maneiras para oferecer valor aos seus clientes, unindo máquinas com canais digitais e customizados. Esta competição digital está repleta de desafios que dificultam a entrega de inovações e que grande parte das indústrias já enfrentaram. Dentre tantas barreiras, listamos as 4 principais abaixo:

# Mercado dinâmico, variabilidade da demanda e prazos de entrega ajustados;
# Contar com resultados de negócios mais rápidos com um menor custo operacional;
# Manter a mais alta qualidade a preços competitivos;
# Ambientes de sistemas complexos e caros com múltiplas de instalações distribuídas que dão como resultado um alto TCO.

Na busca de acompanhar o dinamismo do mercado para obter mais competitividade, é interessante conhecer alguns indicadores levantados pela SAP Latam que evidenciam o crescimento das companhias que já aderiram a esta tecnologia, bem como o aumento do faturamento, redução de custos de produção e melhoria dos processos. Vale a pena conferir!

O que o SAP S/4HANA Cloud pode fazer:

Ampliação as oportunidades de vendas em até 15-20%: Incorpora agilidade através de uma plataforma simplificada que permite a troca de dados em tempo real entre vendas, serviço ao cliente e líderes empresariais.

Otimização da cadeia de fornecimento em até 12%: Integra toda a cadeia de fornecimento e obtêm uma redução de até 12% na quantidade de dias do inventário. Isto significa reduzir desabastecimentos e contar com um panorama simplificado que gera economia de custos de logística de 10%.

Redução de custos de aquisições em até 15%: Aumento de produtividade da cadeia de fornecimento em até 15%, além de proporcionar opções de descontos no pagamento antecipado, maximizando a ordem de inventário e o acompanhamento de matérias primas em tempo real.

Aumentar a capacidade de resposta das vendas: Rápida adaptação na produção das vendas sob medida, direcionar os pedidos dos clientes diretamente para a fábrica como ordens de produção, alinhamento de fornecimento e planejamento de vendas.

Aumentar a eficiência da operação em até 60%: Facilidade na gestão das operações de negócio, onde os clientes podem experimentar um serviço excelente e entrega pontual, que permanecerá sem modificações durante a rápida expansão.

Por essas e outras que o SAP S/4HANA implementado pela FH lhe ajudará a conectar a sua empresa com a transformação digital e se destacar no mercado!

 

 


Compartilhar!
[ssba]

itelligence conclui aquisição da FH S.A. no Brasil


Postado em 09/01/2020 por asilveira
image-1

A itelligence AG, líder global em SAP, anunciou hoje a conclusão da aquisição da FH S.A Brasil, realizada dia 11 de dezembro. O contrato de compra da consultoria foi divulgado ao mercado em 3 de outubro de 2019.

Segundo Norbert Rotter, CEO da itelligence AG, com o ínicio do novo ano a itelligence começa um novo ciclo no Brasil e na América do Sul, juntamente com a FH S.A. “Essa aquisição possibilita para a itelligence AG a abertura de um dos mercados SAP que mais crescem hoje. A FH possui a solução fiscal líder de mercado GUEPARDO para SAP no Brasil, além de um profundo conhecimento no desenvolvimento de software baseado em SAP, o que representa um ativo estratégico global para a itelligence e a NTT DATA Business Solutions”.

No mercado desde 1999, a FH é uma das principais empresas de consultoria em SAP do Brasil. Sua solução fiscal – GUEPARDO – é utilizada por companhias dos mais diferentes segmentos, que, juntas, representam mais de 8% do PIB do Brasil. A companhia também possui reconhecimento global com projetos de implementação SAP em mais de 30 países, sendo a principal fornecedora da América Latina na área de experiência com o cliente (customer experience), com um portfólio de soluções completo e cases de sucesso no Brasil e no exterior.

Ricardo Fachin, CEO da FH, comenta: “Com receita de R$ 168 milhões (37 milhões de euros) em 2019, que representa um aumento de 25% em relação a 2018, a FH entra em 2020 com uma visão otimista de mercado e planeja atingir R$ 200 milhões neste ano (44 milhões de euros). Existem novos projetos em andamento, incluindo a expansão para outros países da América Latina e novas ofertas baseadas em inteligência artificial, como o machine learning, deep learning e Big Data”.

Com essa aquisição, a itelligence está expandindo sua presença em uma das regiões econômicas que mais crescem no mundo atualmente. Segundo a IDC e a Gartner, o Brasil é o oitavo maior mercado de TI do mundo. Após crescer 9,8% em 2018, analistas de mercado esperam uma taxa de crescimento acima da média global até 2024.

 


FH

A FH é uma empresa brasileira com sólida trajetória de crescimento. Como uma grande parceira da SAP, presta serviços e comercializa software. Possui uma oferta de ponta a ponta, incluindo SAP S/4HANA, SAP C/4HANA e softwares fiscais próprios (GUEPARDO e ECG). Como SAP Gold Partner, ela atende seus clientes em seis unidades no Brasil e conta com um centro de suporte com certificação PCoE (SAP Partner Center of Expertise) em Curitiba. https://www.fh.com.br

itelligence

O grupo itelligence transforma ambientes de TI e processos comerciais combinando software e tecnologias SAP inovadores com serviços e produtos desenvolvidos internamente.  Como SAP Global Platinum Partner, o grupo itelligence apoia pequenas, médias e grandes empresas em todas as fases da sua transformação digital. A linha de serviços do grupo itelligence inclui consultoria de estratégia e transformação de TI, implantação e implementação de software e ainda gestão de aplicativos e serviços gerenciados em nuvem. Os alicerces para a excelência do grupo itelligence nesses serviços são sua presença local, suas capacidades globais e sua ampla expertise no ramo. O grupo itelligence se alia aos clientes para criar novas e inovadoras oportunidades de negócios por meio do uso da TI – para cada faceta de atividade do cliente. Milhares de clientes satisfeitos já depositaram sua confiança no grupo itelligence, muitos desde a fundação da empresa há 30 anos atrás. Numerosos prêmios SAP e os principais analistas de mercado corroboram a contribuição para a inovação e o sucesso comercial de longo prazo do grupo itelligence. O grupo itelligence faz parte do grupo global NTT DATA e emprega cerca de 9,2 mil pessoas em 26 países. Em 2018, o grupo itelligence gerou 926,6 milhões de euros em receitas totais. https://itelligencegroup.com

Lojas Lebes escolhe a FH para implementação SAP S/4HANA!


Postado em 22/11/2019 por asilveira
image-1

Projeto iniciado em setembro deve ser vitrine da consultoria FH no segmento de varejo. 

A Lojas Lebes, uma rede de varejo presente no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, começou a implantação do sistema de gestão SAP S/4 Hana com consultoria da FH. Seis consultorias SAP participaram da disputa do contrato. A primeira onda de implementação já foi iniciada pela FH em setembro de 2019.

A versão adquirida pela empresa é o Retail for Merchandise Management, que inclui funcionalidades específicas para o varejo, como a compra em grades. O sistema de grades serve para que o lojista possa comprar a mesma peça com variação de quantidade entre os tamanhos disponíveis, o que tem implicações em toda gestão de estoque e costuma ser um problema em projetos de ERP no segmento.

“A tecnologia SAP, reconhecida mundialmente, coloca a Lebes em outro patamar, elevando o seu nome e a sua marca, aprimorando os processos e dando transparência total para a empresa”, revela Otelmo Drebes, presidente da companhia da Lojas Lebes.

Fundada em 1956, na cidade de São Jerônimo, um pequeno município distante 70 km de Porto Alegre, a Lojas Lebes tem 160 lojas físicas em mais de 100 municípios do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, mais de 3 mil funcionários e um faturamento na casa do R$ 1 bilhão.

O novo cliente deve ser uma vitrine para a FH no segmento de varejo, por usar a última versão da tecnologia da SAP.

“Nossos clientes deste setor usam a plataforma SAP ECC, que terá a manutenção e atualização descontinuada em 2025. Por isso, este projeto é estratégico para nós, pois alavancará a migração para a solução”, afirma Roberto Reimann, Director of Business Unit Consulting Service, o projeto promete alavancar outras migrações.  (mais…)

Como um ERP Inteligente pode acelerar minha produção?


Postado em 14/10/2019 por abarcelos
image-1

Em um mercado tão dinâmico, com variabilidade da demanda e múltiplos sistemas de instalações distribuídas, dados levantados pela SAP apontam que hoje 17% das empresas possuem equipamentos de armazenagem para gerenciar de forma inteligente os horários e materiais de frota e, até 2020, 10% dos dados do universo digital virão de um sistema integrado.

Ao levar em consideração que o SAP S/4HANA é capaz de otimizar a rotina industrial de imediato com redução de 10% na análise de relatórios de operações, negócios e custos, é importante lembrar que o segmento enfrenta dificuldades semelhantes e que podem ser solucionadas ao aderir a tecnologia cloud mais promissora do mundo SAP: O S/4HANA Cloud.

Plataforma simplificada

Não precisamos ir muito longe para encontrar que a primeira dificuldade em comum é manter a mais alta qualidade, com preços competitivos. Para isso, o S4HANA conta com uma plataforma simplificada que permite a troca de dados em tempo real entre as áreas de vendas, serviços ao cliente e líderes empresariais. Essa ampliação das oportunidades de vendas pode aumentar de 15% a 20%.

Supply Chain com S4HANA

No que diz respeito a cadeia de suprimentos, a implementação do S4HANA é responsável pela redução de 12% na quantidade de dias do inventário, que envolve a diminuição de reabastecimentos e economia de 10% nos custos de logística. Além disso, a produtividade da cadeia de fornecimento pode aumentar em até 15% devido às opções de desconto no pagamento antecipado, que maximizam às ordens de inventários e o acompanhamento das matérias-primas em tempo real.

E onde tudo isso vai chegar?

Para quem almeja aumentar a eficiência operacional em até 60%, o S4HANA é o verdadeiro acelerador no setor de máquinas industriais e equipamentos, pois facilita a gestão das operações e os clientes podem experimentar um serviço de excelência e entrega superior.

Por essas e outras que o SAP S/4HANA implementado pela FH lhe ajudará a conectar a sua indústria com a transformação digital e se destacar no mercado com informações em tempo real. Conte com a nossa parceria!

Retificação da ECF para redução de multas


Postado em 13/08/2019 por asilveira
image-1

Enviar o arquivo da ECF não significa que a entrega foi concluída, pelo contrário, é após essa etapa que muitas empresas percebem que enviaram a obrigação com informações inconsistentes ou incorretas.

Agora, outra fase do processo se inicia. É o momento de revisar e identificar possíveis erros ou informações que não estão em compliance com as demais obrigações, para enviar a retificação.

Você sabia que há redução de 90% do valor da penalidade se o arquivo for retificado em até 30 dias?

Com intuito de incentivar a qualidade dos dados e processos tributários das empresas, a RFB concedeu uma redução nas penalidades, considerando como parâmetro, a data em que for realizada a retificação. Por isso, é imprescindível revisar os dados e enviar a retificação o quanto antes.

As reduções são as seguintes:

Lucro Real:

  • 90% quando apresentado em até 30 dias após o prazo;
  • 75% quando for apresentado em até 60 dias após o prazo;
  • 50% quando for apresentado depois do prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício;
  • 25% se houver a apresentação no prazo fixado em intimação.

Lucro Presumido:

  • 50% quando a obrigação for cumprida após o prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício;
  • 75% se a obrigação for cumprida no prazo fixado em intimação.

Dicas para a retificação 

 Caso a ECF retificadora altere os saldos das contas da parte B do e-Lalur ou do e-Lacs, a pessoa jurídica deverá verificar a necessidade de retificar a ECF dos anos posteriores.

# A pessoa jurídica deverá entregar a ECF retificadora sempre que apresentar a Escrituração Contábil Digital (ECD) substituta, com as alterações das contas ou saldos contábeis recuperados na ECF ativa na base de dados do Sped.

# No caso de lançamentos extemporâneos em ECD, que alterem a base de cálculo do IRPJ ou da CSLL da ECF de ano-calendário anterior, a pessoa jurídica deverá efetuar o ajuste por meio de ECF retificadora relativa ao respectivo ano-calendário, mediante adições ou exclusões ao lucro líquido, ainda que a ECD recuperada na ECF retificada não tenha sido alterada.

# A pessoa jurídica que entregar a ECF retificadora com valores alterados de apuração do IRPJ ou da CSLL que haviam sido informados na Declaração de Débitos e Créditos de Tributos Federais (DCTF), deverá apresentar DCTF retificadora elaborada com observância das normas específicas relativas a esta declaração;

# Quando a retificação da ECF apresentar imposto maior que o da ECF retificada, a diferença apurada será devida com os acréscimos correspondentes;

# Quando a retificação da ECF apresentar imposto menor que o da ECF retificada, a diferença apurada, desde que paga, poderá ser compensada ou restituída;

# Sobre o montante a ser compensado ou restituído, incidirão juros equivalentes à taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic), acumulados até o mês anterior ao da restituição ou compensação, adicionado de 1% (um por cento) no mês da restituição ou compensação.

Penalidades

O contribuinte que não apresentar a ECF no prazo fixado pelo artigo 2° da Instrução Normativa da RFB, n° 1.422/2013, ou apresentar com incorreções ou omissões está sujeito a sofrer penalidades conforme o regime tributário.

O prazo para pagamento do crédito tributário será de até 30 dias a partir da data que o sujeito passivo for notificado do lançamento da penalidade, caso a legislação tributária não estipular outro prazo. Lei n° 5.172/66, art. 160

PJ com apuração pelo Lucro Real

  1. a) 0,25% por mês-calendário ou fração, do lucro líquido antes do IRPJ e da CSLL no período a que se refere a apuração, limitada a 10%, nos casos da não apresentação ou apresentação em atraso.

O valor da multa fica limitado em:

1 – R$ 100.000,00 para as pessoas jurídicas que no ano-calendário anterior tiverem auferido receita bruta total, igual ou inferior a R$ 3.600.000,00;
2 – R$ 5.000.000,00 para as pessoas jurídicas que não se enquadrarem no item 1 acima.

O valor fica reduzido em:

1 – Em 90% quando for apresentado em até 30 dias após o prazo;
2 – Em 75% quando for apresentado em até 60 dias após o prazo;
3 – À metade, quando for apresentado depois do prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício;
4 – Em 25% se houver a apresentação no prazo fixado em intimação.

Sem lucro líquido:

Na falta de lucro líquido, antes do IRPJ e da CSLL, relativo ao período da declaração, deverá ser utilizado o lucro líquido do último período de apuração informado, atualizado pela taxa Selic, até o termo final de encerramento do período a que se refere a declaração.

  1. b) 3% não inferior a R$ 100,00 do valor omitido, inexato ou incorreto. Não será devida a multa caso o sujeito passivo corrigir as inexatidões, incorreções ou omissões antes de iniciado qualquer procedimento de ofício.

O valor desta multa fica reduzida em 50% se forem corrigidas as inexatidões, incorreções ou omissões no prazo fixado em intimação.

Demais pessoas jurídicas (imunes e isentas, lucro presumido ou lucro arbitrado)

Conforme alteração da Instrução Normativa n° 1.821/2018, no artigo 6° da Instrução Normativa RFB n° 1.422/2013, os contribuintes tributados pelo lucro presumido, arbitrado ou imunes/isentas não mais terão a aplicação das multas previstas no artigo 57 da Medida Provisória n° 2.158-35/2001, passando a se aplicar as penalidades previstas no artigo 12 da Lei n° 8.218/91:

a) multa equivalente a 0,5% do valor da receita bruta da pessoa jurídica no período a que se refere a escrituração, aos que não atenderem aos requisitos para a apresentação dos registros e respectivos arquivos;

b) multa equivalente a 5% sobre o valor da operação correspondente, limitada a 1% do valor da receita bruta da pessoa jurídica no período a que se refere a escrituração, aos que omitirem ou prestarem incorretamente as informações referentes aos registros e respectivos arquivos;

c) multa equivalente a 0,02% por dia de atraso, calculada sobre a receita bruta da pessoa jurídica no período a que se refere a escrituração, limitada a 1% desta, aos que não cumprirem o prazo estabelecido para apresentação dos registros e respectivos arquivos.

As referidas penalidades podem ser reduzidas a 50% quando a obrigação for cumprida após o prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício, ou a 75%, se a obrigação for cumprida no prazo fixado em intimação.

Redução da multa decorrente de notificação de lançamento

As multas aplicadas em lançamento de ofício podem ser reduzidas, sendo que estas reduções estão vinculadas ao prazo de negociação do sujeito passivo em relação ao vencimento da notificação. Assim, a redução da multa será (Lei n° 8.218/91, artigo 6°):

a) de 50% se o pagamento ou a compensação do débito for feito em até 30 dias da notificação do lançamento;
b) de 40% para pedidos de parcelamento formalizados em até 30 dias da notificação do lançamento.

O pagamento da multa, em qualquer hipótese, deve ser feito no prazo estipulado pela RFB na notificação correspondente.

Multa vencida

Após o vencimento da notificação a multa perde as reduções de 50% ou 40% previstas no artigo 6° da Lei n° 8.218/91.

O pagamento de multa fora do prazo é sujeito à incidência de juros de mora, calculados à taxa Selic acumulada mensalmente, a partir do primeiro dia do mês subsequente ao do vencimento do prazo até o mês anterior ao do pagamento, e de 1% no mês do pagamento.

Contar com um time de especialistas SAP/GUEPARDO, faz toda a diferença!

A área de Tax Compliance Services da FH, estruturou uma equipe formada por especialistas em consultoria tributária para empresas que possuem ERP SAP e a Solução Fiscal GUEPARDO, para apoio nas seguintes atividades relacionadas a revisão da ECF:

# Revisão dos procedimentos adotados para a apuração da provisão para o IRPJ e CSLL, seus recolhimentos e compensações no período-base de revisão;

# Revisão dos critérios para adições/exclusões;

# Revisão dos valores da memória de cálculo x GUEPARDO:

# Classificação das adições/exclusões;

# Critérios para adições/exclusões;

# Cruzamento Parte B x Diferido;

# Análise dos dados mestres de FI que impactam a base do IRPJ e da CSLL;

# Análise dos critérios de custeio e apropriação de custos CO/PP;

# Revisão dos procedimentos adotados na determinação dos valores adicionados, excluídos e compensados na apuração da base de cálculo do IRPJ e da CSLL, bem como nas deduções do valor devido, tais como: antecipações, IRRF, incentivos fiscais utilizados, etc.;

# Identificação de eventuais benefícios;

# Análise do tratamento efetuado para as subcontas;

# Revisão fiscal do balanço/balancete da última data-base, visando analisar as principais contas que poderão ter reflexos na apuração do IRPJ e da CSLL;

# Revisão dos procedimentos adotados na escrituração e controle dos valores a serem registrados no Livro de Apuração do Lucro Real – LALUR

# Auditoria do arquivo entregue e cruzamento com demais obrigações:

# ECF x ECD;

# ECF x SPED Contribuições;

# ECF x SPED FISCAL;

# ECF x DCTF;

# DCTF x DARF x Pagamentos.

 

Conversão para um ERP avançado: Valor agregado ao seu negócio!


Postado em 22/07/2019 por abarcelos
image-1

Para entrar de vez na era da Indústria 4.0, as empresas de bens de consumo precisam de um ERP Avançado que possibilite uma mudança tecnológica e cultural que as auxilie a enfrentar desafios como trabalhar com informação em tempo real de inventários e do fluxo de materiais, criar valor em um mundo digital onde o consumidor está no comando, alinhar as estratégias comerciais com as megatendências tecnológicas, além de inovar a experiência do gestor empresarial.

Como a conversão para um ERP avançado pode mudar o seu jeito de fazer negócios?

A partir da conversão, sua empresa contará com um cenário tecnológico e uma forma de fazer negócios totalmente reformulada e melhorada com esse ERP avançado! Vamos a alguns exemplos:

#Modelo de Dados Simplificado
Elimina redundâncias e consolida todas as informações do seu negócio, proporcionando segurança e precisão dos dados.

#SAP Fiori
Nova interface de usuário para uma melhor visualização de dados analíticos e das transações realizadas pela empresa

#Analíticos Diretamente no ERP
Análise e Business Intelligence em tempo real permitindo a tomada de decisões mais rápidas e assertivas.

#Definição dos Processos de Negócio
Processos acelerados e repensados para uma melhor performance, inclusive com ferramentas de gestão de logística e integração com IoT!

#Antecipação ao fim do suporte
Esperar 2025 para contar com todos os benefícios que a conversão pode proporcionar? Nada disso!

Como se preparar para a conversão para se você já tem o SAP ECC?

A fase de preparação conta com o SAP Readiness Check e com o Simplification Item Catalog que vão analisar os requisitos fundamentais, realizar uma simplificação da base histórica de dados, eliminar desenvolvimentos antigos e apresentar os pontos mais relevantes para uma conversão tranquila para um ERP avançado. Essa fase também passa pela escolha da solução fiscal complementar ao SAP TDF, que é um dos pilares para uma conversão bem-sucedida!

Conversão para um ERP avançado: Valor agregado ao seu negócio!

FH marcará presença no ASUG Day Belo Horizonte


Postado em 23/05/2019 por nschirmer
image-1

 

A FH marcará presença no ASUG Day que acontecerá no dia 11 de junho em Belo Horizonte – MG.

O ASUG Day é uma ótima oportunidade para que profissionais de diversas áreas obtenham conhecimento e atualização profissional, através dos conteúdos mais atuais do mercado e da troca de experiência com os demais participantes. Este ano a FH marcará presença com a palestra:

Automação de entradas, retenções e EFD-Reinf 2.0 em ambientes SAP ECC, SAP S/4HANA, TDF e ACR
Para estar em compliance com as demandas da versão 2.0 dos leiautes da EFD REINF, a palestra abordará todo o processo para o atendimento aos novos registros exigidos pela RFB, como os riscos a serem evitados e quais os pontos de atenção para a correta entrega, que deverá ocorrer a partir da competência janeiro/2020.
Nossos especialistas apresentarão ferramentas e dicas para que você possa realizar um bom projeto, independente do ambiente utilizado pelo seu negócio (SAP ECC, S/4HANA, TDF e ACR) conforme tópicos abaixo:

  • revisão dos processos;
  • automação das entradas;
  • apuração das retenções;
  • ajustes e conciliações;
  • geração e entrega dos eventos/registros exigidos pela obrigação.

 

Palestrantes: Calixto Herkert e Marcelo Diogo Passaglia
Horário: 10h40
Local:  Hotel Ouro Minas (Av. Cristiano Machado, 4001 – Ipiranga, Belo Horizonte)

O prazo parece longo, mas há muito a ser feito – venha conferir!

 

O evento é gratuito, faça sua inscrição:

Faça sua inscrição para o ASUG Day BH

Bens de consumo: As vantagens de converter para um ERP de alta performance!


Postado em 13/05/2019 por abarcelos
image-1

A indústria 4.0 já é uma realidade, e para embarcar nesse mundo de inovação e acesso a informações em tempo real, é essencial contar com as melhores ferramentas do mercado como um ERP de alta performance!

Os desafios do setor de bens de consumo

Os gestores deste setor enfrentam inúmeros desafios, dentre eles, lidar em tempo real com informações sobre inventários e fluxo de materiais, alinhar as estratégias comerciais com as mega tendências tecnológicas, criar valor em um mundo em que quem está no controle é o consumidor, entre muitos outros.

Para conseguir superar todos esses desafios é preciso contar com ferramentas que possam auxiliar no dia a dia da gestão, facilitar a tomada de decisões, facilitar o planejamento de produção, aumentar a satisfação dos clientes e ter uma visão completa do negócio. Para isso e essencial contar com um ERP de alta performance.

O ERP de alta performance e as vantagens estratégicas para o seu negócio

Com um ERP de última geração e de alta performance você pode alcançar resultados impressionantes, confira alguns exemplos:

#fidelização
Aumente em até 20% a satisfação do cliente, com um sistema que ajuda seus clientes a obter o que querem, quando e onde querem.

#eficiência
Reduza em até 30% os níveis de inventário
, com o planejamento de requisitos de materiais, executado em tempo real, que oferece resultados de planejamento atualizados e completos.

#otimização
O planejamento de produção proporciona visão analítica para um suporte de decisões mais sólido, o que permite maior rapidez na resolução de problemas.

#economia
Reduza em até 15% a perda de receitas devido ao desabastecimento
com um processo que proporciona visibilidade do inventário em tempo real.

#visibilidade
Visão 360 graus
com um sistema que oferece relatórios de análise operacional gerados instantaneamente. Controle online os níveis de estoque de inventário, vendas de produtos, marketing e finanças.

Mas eu já tenho o SAP ECC, preciso converter?

Sim! O SAP S/4HANA possui inúmeras vantagens e como sua empresa já possui o SAP ECC a FH tem uma oferta especial para você!

Simplifique seus processos, tenha agilidade, segurança, foco em resultados e confiabilidade nas informações! Converta para o SAP S/4HANA com quem já ganhou prêmio de melhor projeto no ASUG Impact Awards! A FH oferece pacotes funcionais e adaptáveis a realidade da sua empresa!

 

Conversao S/4HANA - ERP de alta performance

 

FH conquista o 2º lugar no ASUG Impact Awards 2019!


Postado em 10/04/2019 por tfagundes
image-1

A FH, durante a 22ª Conferência Anual da ASUG Brasil, conquistou o 2° lugar no ASUG Impact Awards 2019 – principal evento de premiação da comunidade SAP no Brasil –  com o  case “Belagrícola: União de Tecnologia à Simplicidade do Campo em fundação sólida EVEREST”.

Este ano, a FH conquistou o oitavo ASUG Impact Awards,  fechando o mais um ano entre os melhores do ecossistema SAP no Brasil!

ASUG IMPACT AWARDS

Luciano Morais, Director of Business Unit, com o ASUG Impact Awards.

 

2º lugar ASUG IMPACT AWARDS 2019

Fábio Hauagge, VP of Software and Services e Luciano Morais, Director of Business Unit recebendo o prêmio das mãos do Wellington Briagante, Vice Presidente da ASUG Brasil.

 

Prêmio ASUG IMPACT AWARDS 2019!

O Case

A Belagrícola é uma das maiores provedoras de soluções para o produtor, com um portfólio de produtos e serviços baseado na tecnologia. Considerada como um dos maiores players do agronegócio brasileiro, ampliou suas atividades para o mercado internacional, sempre reforçando seu DNA: inovação, paixão e parceria.

O projeto de unir a tecnologia à simplicidade do campo, foi idealizado para realizar a substituição do sistema de gestão que a empresa utilizava. Por isso a Belagricola buscou um parceiro certificado que simplificasse processos na unificação de todas as informações no mesmo banco de dados, além de impulsionar a competitividade e garantir o compliance nas entregas das obrigações ao Fisco. Para esse desafio, ela escolheu a FH.

Além da implementação do SAP S/4HANA e da Solução Fiscal GUEPARDO, o projeto contou com uma solução de gerenciamento e governança de dados – SAP MDG (Master Data Governance) e uma ferramenta de análise quantitativa de previsões, relatórios financeiros e orçamentos – SAP BPC (Business Planning & Consolidation). Confira o case completo aqui.

 

Prêmio ASUG Impact Awards

O ASUG Impact Awards avalia projetos que possuem originalidade, melhores práticas, inovação e trazem melhorias no nível de serviço das corporações dentro do ecossistema SAP.

Em outros anos a FH também foi reconhecida com prêmio, confira:

2019 – 2º Lugar – Case Belagrícola – União de Tecnologia à Simplicidade do Campo em fundação sólida EVEREST
2018 – 2º Lugar – Case DPaschoal – Projeto SAC 3.0 – Como a venda assistida revolucionou a experiência dos clientes da DPaschoal!
2017 – 1º Lugar – Case Braskem – BM Eletrônico – Boletim de Medição Eletrônico
2016 – 1º Lugar – Case DPaschoal – Projeto CRM 2.0
2016 – 3ºLugar – Case Aché – Aché Runs´s SAP HANA – O caminho para a transformação digital
2015 – 3º Lugar – Case Arezzo – Gestão da cadeia de suprimentos no setor de moda com AFS e EWM for Fashion
2014 – 1º Lugar – Case Ourofino Agronegócio – “Projeto Avance – Um novo patamar tecnológico para a Ourofino
2011 – 1º Lugar – Case Grupo Boticário – “Gestão de categorias e sortimentos em uma plataforma de varejo”.

Página /